sábado, 31 de janeiro de 2009

ENFIM, OS NOMES



Neste fim de semana o prefeito de Blumenau, João Paulo Kleinubing (DEM), deve anunciar os nomes dos novos secretários para o seu novo governo. A grande maioria dos colaboradores da gestão passada deve permanecer, mas alguns nomes novos irão surgir, como no caso da Secretaria de Comunicação e na Saúde.
O PSDB e o DEM ficarão com o maior número de secretarias. Já o PP e o PMDB deverão continuar com Samae e Seterb respectivamente. Os presidentes dos partidos, que indicaram os nomes dos secretários para os cargos que lhe cabiam, deixaram transparecer que tudo correu de acordo com as necessidades de cada sigla.
O problema maior do prefeito não está na administração municipal, mas sim no legislativo, e justamente dentro do seu partido.
É que tem vereador que não recebeu o que esperava e já ta fazendo terrorismo.

MULTADO


O ex-deputado federal Paulo Gouvêa da Costa (do antigo PFL, hoje DEM), do Vale do Itajaí, foi multado por não prestar contas de uma verba que recebera do fundo partidário para sua última campanha, em 2006, quando concorreu a uma cadeira na câmara federal.
A multa estipulada pelo TRE/SC foi no valor de R$ 49.798,00. Segundo o desembargador do processo, Cláudio Barreto Dutra, os descuidos no registro da receita mostra que o candidato não se preocupou em apresentar à Justiça a real movimentação financeira de sua campanha. Baseado nos pareceres da Coordenadoria de Controle Interno do TER/SC (Cocin) e da Procuradoria Regional Eleitoral, o relator rejeitou as contas do ex-deputado. De acordo com o relatório, Paulo Gouvêa teria cometido 15 irregularidades, três das quais o desembargador considerou que poderiam ser relevadas (itens 1, 8 e 11 do relatório), por serem de natureza meramente formal e não impediriam a identificação da origem e do destino dos recursos de campanha. No entanto, o mesmo não ocorreu com dois itens do relatório que têm relação com o dinheiro advindo do Fundo Partidário.
Se Gouvêa não pagar a multa, o DEM estadual terá que quitá-la por ter sido uma campanha à um cargo estadual.
Mas o ex-deputado deverá recorrer da sentença.
E para quem quiser conhecer as propostas do candidato Paulo Gouvêa, pode acessar o endereço http://www.lucianoduque.com.br/pg/.
O problema é que eu não sei se o TRE sabe que a página ainda ta no ar.

DESMENTINDO

O vereador de Florianópolis Márcio de Souza (PT) enviou nota à imprensa desmentindo que ele tivesse aderido ao governo do prefeito Dário Berger (PMDB).
Tudo começou em virtude do vereador ter ajudado a aprovar alguns projetos enviados pelo prefeito à Câmara de Vereadores, como no caso do Projeto de Previdência do funcionalismo público municipal.
Na carta o vereador Márcio questiona o porque esse tipo de comportamento não se verificou anos atrás, quando da administração da então prefeita Ângela Amin. Naquela ocasião, o vereador Márcio de Souza votou favoravelmente ao projeto enviado pela prefeita e não houve nenhuma insinuação ou nota na imprensa afirmando que Márcio de Souza havia aderido à base de Ângela Amin.
A nota termina afirmando que Márcio de Souza nunca fez e não pretende aderir a uma postura sectária, estreita e desonesta em sua atuação na Câmara.
As coisas em Florianópolis estão realmente estranhas, mas vale lembrar que nenhum político ousará em discordar das necessidades de seu partido, a ponto de colocar as pretensões políticas estaduais por água a baixo.
Se fizer, terá que ter uma ótima razão.

A COPA EM FLORIPA



O aumento do número de 10 para 12 cidades sedes para a Copa 2014, feito pelo presidente da Fifa, Joseph Blatter, entusiasmou a senadora Ideli Salvatti (PT/SC).
Com isso, aumentam as chances de Florianópolis ser uma das eleitas, segundo a senadora.
Hoje a comissão da Fifa/CBF vai estar em Florianópolis vistoriando o município e as potencialidades da Capital para sediar os jogos. Ideli vai acompanhar a vistoria, que deve ocorrer no sistema viário de Florianópolis, no estádio Orlando Scarpelli (do Figueirense), assim como em toda a infra-estrutura necessária para o atendimento dos jogos da Copa de 2014.
Segundo a avaliação da senadora, a capital catarinense tem vantagens em relação a outras concorrentes, pois tem tradição em turismo, possuindo uma grande rede hoteleira, belezas naturais em abundância e a população sabe receber bem os turistas. Entretanto, a senadora adianta que, para poder sediar jogos da Copa, vão ser necessários investimentos pesados em infra-estrutura em vários setores, como transportes (aeroporto, rodovias), rede hospitalar e hoteleira que beneficiarão não só Florianópolis, mas o estado e todos os catarinenses, antes, durante e depois da Copa 2014.

SAMAMBAIA EM JOAÇABA



Danielle Souza, popularmente conhecida como Mulher Samambaia e que até 2003 morava em Balneário Camboriú, foi contratada para participar como destaque especial da Escola de samba Aliança, de Joaçaba.
A escola vai apresentar, como tema em 2009, a história do negro no Brasil com o título “Minha cultura sua herança, sou negro, sou aliança”. O enredo mostrará a enorme contribuição da raça negra na formação do povo brasileiro, seus costumes e tradições que influenciaram em vários segmentos da sociedade brasileira, em especial na dança, música, culinária, religiosidade e na nossa maior festa popular, o Carnaval.
A data da apresentação da escola ainda não foi divulgada, mas para quem gosta de carnaval, gosta da mulher Samambaia e ainda não tem destino certo neste carnaval, pode ir para Joaçaba.

A CRISE

Por causa da crise mundial, o governo federal aumentou o valor do Bolsa Família de R$ 120,00 para R$ 137,00. Reajustou também o salário mínimo, que dos R$ 415,00 passou para R$ 465,00 a partir de 1º de fevereiro. Segundo o Presidente Lula, nas crises, as primeiras vítimas são as pessoas que têm menor renda, ou uma fragilidade social maior.
Obviamente que a crise já não é e nunca foi uma marolinha, e que os governos precisam agir rápido. O grande problema é que não só o Brasil, mas principalmente os Estados Unidos e os países europeus precisam convencer seus empresários que não dá para demitir funcionário só para continuar com os mesmos índices de lucro de 2008.
Na crise, todo mundo tem que arcar com o ônus. Na hora boa o empresário lucra. Na ruim, o funcionário sempre paga a conta.
Um dia isso tem que mudar.


Desejamos aos internautas um ótimo fim de semana e nós do Blog do NEURôNIO voltaremos com mais informações na próxima segunda-feira.


Sérgio Eduardo de Oliveira – 31/01/2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário