domingo, 11 de janeiro de 2009

PRIMEIRA DERROTA




Mal começou o ano e o PMDB fez mais uma vítima em Joinville. Desta vez foi o recém empossado Carlito Merss, que junto com o seu PT apoiou a vereadora Tânia Ebehrardt (PMDB) para a presidência do legislativo municipal. Ela perdeu a presidência da casa para o vereador Sandro da Silva (foto), do PPS, que havia indicado o vice do candidato peemedebista Mauro Mariani em 2008 nas eleições municipais.
Mas no fim do primeiro turno o PPS trocou de lado e acabou no colo do DEM. Com isso a nova aliança acabou ficando com o comando da Câmara de Vereadores de Joinville em 2009.
Mas o contra ataque do PT poderá vir em forma de cargos para o PPS.

RACHA

Mas não foi só o PMDB o causador da derrota de Tânia Ebehrardt. O próprio PT, no legislativo, já mostra sinais de racha. Comenta-se que as coisas não estão afinadas dentro do partido porque alguns vereadores estão sendo mais bem tratados do que outros dentro do executivo municipal.
É o sentimento de quem chega no poder sem pensar muito no coletivo. Cada um por si e Carlito por todos.
O prefeito vai ter que botar ordem na casa ou vai sofrer com os “aliados”.

RETROSPECTIVA

O programa Retrospectiva 2008, exibido no dia 30 de dezembro na Rede Record, colocou um fato que, sem dúvida, ninguém votaria como assunto marcante do ano passado.
A emissora reservou cerca de 5 minutos do programa para mostrar que os índices de audiência com a Seleção Brasileira e com o Campeonato Brasileiro, que foram transmitidos pela Globo, caíram e que o Campeonato Espanhol e a Copa dos Campeões, transmitidos pela Record em 2008, foram as grandes atrações do ano no futebol.
É por essas e outras que umas estão sempre correndo atrás de quem está na frente. Poderiam ter utilizado outro artifício para atingirem a Globo que não diminuir um produto genuinamente nacional que é o futebol brasileiro.
Já que para eles o futebol internacional é mais importante, porque não se mudam para lá?

Nenhum comentário:

Postar um comentário