sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

AS CONTAS

No site da Prefeitura de Blumenau (http://www.blumenau.sc.gov.br/novo/site/index/index.php), no link “Prestando Contas – Reconstrução de Blumenau”, está especificado, em uma tabela, todas as verbas que já foram liberadas e as que ainda estão dependendo de aprovações para serem liberadas.
Segundo as informações da primeira tabela, já foram liberados para a cidade R$ 2,7 milhões pelo Governo Federal, R$ 38,1 milhões do Governo Estadual, R$ 200 mil da iniciativa privada e foram investidos pela própria prefeitura R$ 12.490.500,00, num total de 53.490.500,00 já gastos com as recuperações.
Do total de R$ 187,8 milhões apresentados no balanço, falta ser liberado R$ 78,8 milhões do Governo Federal, R$ 54,9 milhões do Estadual e R$ 650 mil da iniciativa privada, totalizando o valor de R$ 134.350.000,00.
Sabe-se que ainda há muito por fazer, mas como em 2010 tem eleições para presidente e governador, alguém acredita, de verdade, que a totalidade dessa verba que falta ser liberada vai realmente vir?

DATA DA FESTA

Aliás, no site tem a informação que a Recuperação de Encostas em 24 ruas, incluindo a Via Expressa, além de sete pontes e quatro passarelas, no valor de R$ 38,1 milhões, iniciam no próximo dia 9 de março e prazo para término em 180 dias.
Então no dia 4 de setembro de 2009 todos os blumenauenses podem preparar a domingueira para a re-inauguração destas vias.

POUCA TENDA PRA MUITO ÍNDIO

Alguns funcionários concursados da Prefeitura de Blumenau estão reclamando da falta de comando em algumas diretorias e chefias. Tudo porque os que ocupam os cargos, hoje, não tem a certeza que continuarão a frente dos seus departamentos.
Quem está dentro se segura, e quem está fora quer, por quer, assumir um cargo de terceiro e quarto escalão. E como o PP, PMDB, e PSDB tem mais de uma corrente dentro dos partidos, há uma indefinição de quem tem mais força para bancar os seus aliados.
Com isso, o funcionário, que não tem nada com isso, fica sem saber quem obedecer. Já tem gente dizendo que aqueles que tiveram a promessa de assumir, já mandam mais do que aqueles que ainda estão nos cargos.
Vai saber.

REFORMA


O colunista Paulo Alceu publicou na sua coluna de ontem a nota “Uma fera”, dizendo que o deputado estadual José Natal (PSDB), em seu pronunciamento, teria manifestado sua indignação com as reformas de gabinetes de vários colegas, em especial com a deputada Ana Paula Lima (PT) e o deputado Giancarlo Tomelin (PSDB), ambos de Blumenau, por fazerem mudanças substanciais em seus gabinetes.
Então o Blog do NEURôNIO enviou e-mail para os deputados blumenauenses perguntando como haviam recebido os comentários do deputado Natal.
Abaixo segue as respostas recebidas.

Giancarlo Tomelin (PSDB)



Sérgio, boa tarde.
Com todo o respeito que ele merece de mim.
Atenciosamente
Deputado Giancarlo Tomelin

Ana Paula Lima (PT)



Prezado senhor,

Devido a um lamentável equívoco por parte do deputado José Natal, a nota intitulada "Uma fera", publicada na coluna do jornalista Paulo Alceu nesta quinta-feira, menciona a deputada Ana Paula Lima entre os parlamentares que teriam realizado "reformas substanciais" nos gabinetes que hoje ocupam. Consciente da injustiça cometida com sua colega, ao ver a nota publicada, o deputado Natal telefonou para a deputada Ana Paula desculpando-se. Porém, essa inverdade requer o seguinte esclarecimento: a deputada Ana Paula Lima ocupava o cargo de segunda vice-presidente da Mesa Diretora da Assembléia e seu gabinete ficava situado no terceiro andar do Parlamento. Com a eleição de novos integrantes para compor a Mesa Diretora, no início de fevereiro, como é de praxe na Casa, a deputada Ana Paula e sua equipe deixaram o espaço anterior, passando a ocupar outro gabinete parlamentar no primeiro andar. Entretanto, essa mudança foi somente de espaço (menor que o anterior) que não implicou em reformas estruturais ou gastos adicionais. Estes esclarecimentos também já foram realizados, no dia de hoje, junto ao colunista Paulo Alceu. Para finalizar, aproveito a oportunidade para convidá-lo a uma visita ao gabinete da deputada Ana Paula Lima na Assembléia Legislativa.
Atenciosamente,

Linete Martins
Assessora de imprensa
Gabinete Deputada Ana Paula Lima

ENSINO PÚBLICO FEDERAL NO VALE



A UFSC vai marcar uma reunião com o Ministro da Educação, Fernando Haddad, para discutir a possibilidade de implantação de uma instituição federal na região do Vale do Itajaí. A proposta foi discutida ontem à tarde, durante reunião na reitoria da Universidade, onde participaram a senadora Ideli Salvatti (PT), o reitor Álvaro Toubes Prata (UFSC), Eduardo Deschamps (reitor da FURB) e Valmor Schiochet, Coordenador do Comitê Pró-federalização da FURB.
Ideli acredita que enquanto Santa Catarina cresce com a ampliação do ensino profissionalizante (IFETs), com a implantação de novos campus da UFSC e com novas universidades, a região do Vale está com um vácuo nesta área.
Todos já saber que a federalização da FURB está descartada pelo Ministério da Educação. A senadora lembra que as demais regiões do estado estão todas atendidas com ensino profissionalizante e com universidades federais.
Ideli pretende pedir ao MEC a implantação de um CEFET (Centro Federal de Ensino Tecnológico) ou até mesmo a concretização de uma parceria entre UFSC/FURB, levando para o Vale do Itajaí uma extensão da UFSC.

KUHLMANN NA COMISSÃO DE ÉTICA



Com a definição dos componentes das 15 comissões permanentes, o deputado de Blumenau, Jean Kuhlmann (DEM), foi indicado para presidir a Comissão de Ética e Decoro Parlamentar formada por nove parlamentares e que tem a atribuição de zelar pelo funcionamento harmônico e pela imagem do Poder Legislativo. Kuhlmann também fará parte da Comissão de Constituição e Justiça, responsável pela análise de todos os projetos que passam pelo Legislativo; da Comissão de Transportes e Desenvolvimento Urbano e da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público.
A Comissão Parlamentar é um órgão do Legislativo que tem a função de analisar os projetos de lei e demais proposições legislativas e ainda fiscalizar os atos do Poder Executivo.

DEM PEDE EXPLICAÇÕES 1



O líder do DEM, deputado Ronaldo Caiado (GO), quer esclarecimentos do governo federal sobre os gastos com o Encontro Nacional de Novos Prefeitos e Prefeitas, realizado nos dias 10 e 11 de fevereiro, em Brasília.
Caiado apresentou ontem quatro requerimentos de informação à Mesa Diretora da Câmara, para encaminhá-los aos ministérios das Cidades; da Fazenda (incluindo Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal); do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (incluindo BNDES) e de Minas e Energia (incluindo Petrobrás).
Depois de receberem os requerimentos, os ministérios têm 30 dias para prestar a informação. Caiado considerou que o encontro de prefeitos foi utilizado pelo governo para promover a candidatura da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, à Presidência da República.

DEM PEDE EXPLICAÇÕES 2

"Quanto custou essa farra para promover o palanque eleitoral para a ministra Dilma Rousseff?", questionou o deputado, em entrevista concedida no Salão Verde.
O líder do DEM lembrou que o governo inicialmente informou que gastou R$ 253 mil com o evento, mas depois anunciou que o valor chegaria a R$ 1,8 milhão.
Na semana passada, o DEM já havia apresentado ao TCU uma representação onde questionava os gastos com o encontro e também encaminhou, na quinta-feira, consultas ao TSE com denúncias de que o encontro de prefeitos serviu de antecipação de campanha e de que houve gasto de dinheiro público para promover a candidatura da Ministra Dilma.




Sérgio Eduardo de Oliveira – 20/02/2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário