sexta-feira, 27 de março de 2009

INCONCEBÍVEL E SACANA



Na sessão de quinta-feira, na Câmara de Vereadores de Blumenau, o vereador Vanderlei de Oliveira (PT) denunciou que o sistema de comunicação do Samu ainda não foi unificado, prejudicando a população que busca socorro através dos números 190, 192, 193.
Segundo ele, essa proposta já havia sido decidida numa audiência publica realizada pela Câmara no final de 2007.
O vereador também classificou de “inconcebível e sacana” o sistema que o secretário Mário Hildebrandt implementou junto com o governo do estado para atender as vítimas da catástrofe de novembro. Vanderlei afirmou que “as pessoas que estão recebendo o auxilio reação não estão podendo acessar nenhum outro auxilio daquela secretaria. Grande número de famílias não pode receber cestas básicas e outros benefícios, o que é ilegal, porque estas famílias continuam cadastradas no sistema de assistência social e o município continua recebendo o dinheiro – que não é do auxilio reação, para atendimento das políticas do setor”.

É MENTIRA

Vanderlei disse também que “se o dinheiro que vem de Brasília, é porque as famílias estão cadastradas. E para onde está indo este dinheiro?”.
Já o secretário Mário Hildebrandt (DEM) afirmou que tudo que o vereador falou não condiz com a verdade. O único dinheiro que o governo federal manda é o do Bolsa Família. Os demais programas da secretaria são com recursos próprios. Para ele, o vereador deveria primeiro provar o que diz, e depois falar esse tipo de coisa.
“Como o vereador é da oposição do governo Kleinubing, fica sempre inventando essas mentiras sem querer mostrar o que realmente acontece”, finaliza.

DIA DA VERDADE



Chegou a hora, mais uma vez, de os jornalistas e futuros jornalistas unirem forças para que o Supremo Tribunal Federal não aprove o Recurso Extraordinário RE 511961, que questiona a constitucionalidade da exigência do diploma em Jornalismo como requisito para o exercício da profissão. Este recurso entrará na pauta do Supremo e a Executiva da FENAJ e a Coordenação da Campanha em Defesa do Diploma e da Regulamentação dos Jornalistas já planejam fazer manifestações em todo o Brasil para que este os juizes não cometam essa barbaridade contra a nossa profissão.
Não está descartada a organização de caravanas dos estados irem até Brasília na data do julgamento. Novas mobilizações nos estados deverão ganhar maior dinâmica a partir dos próximos dias, inclusive na perspectiva de conquistar novos apoios políticos. Até porque a exigência do diploma como requisito para o exercício do Jornalismo é um dos pilares da profissão e também a regulamentação das relações entre jornalistas, empresas de comunicação e a sociedade é considerada fundamental para assegurar a liberdade de imprensa.
Quem quiser acompanhar o processo mais de perto pode acessar o site http://www.stf.jus.br/portal/principal/principal.asp.

MICROSOFT E KEEP IT FAZEM DOAÇÕES

Funcionários das empresas Microsoft Brasil e Keep IT realizam, às 9:30 horas da próxima segunda-feira, uma doação de 20 beliches para as famílias com maior número de filhos e que não tenham este móvel na Moradia Provisória da rua Bahia. Para colaborar também com o reaquecimento da economia de Blumenau, os beliches foram adquiridos de uma empresa local. "A doação destes móveis é resultado de mais um gesto de solidariedade aos atingidos pela catástrofe de novembro em Blumenau", avalia o secretário de Assistência Social, Mário Hildebrandt.

VEREADOR EM BRASÍLIA



A reunião do Fórum Parlamentar Catarinense, em Brasília, seguiu centrada no Requerimento do vereador de Itajaí, Níkolas Reis (PT), com Deputados e Senadores tratando a situação do Porto em que o Vereador, através de requerimento, solicita ao Governo Federal urgência na liberação de assistência financeira temporária aos trabalhadores portuários. Estivadores, bloquistas, terrestreiros e conferentes estão afastados do trabalho desde novembro de 2008 por conta das obras de recuperação do cais, que foi seriamente atingido pela enchente.
Durante a reunião, os Deputados confirmaram a real preocupação com que o Governo Federal está abordando o assunto. O Ministro da Previdência, Carlos Luppi, telefonou pessoalmente aos deputados para tratar do requerimento do vereador.

TOMELIN CONSEGUE 4 MILHÕES



Ontem o deputado estadual Giancarlo Tomelin (PSDB) participou da solenidade de entrega de R$ 4 milhões para o Hospital Santa Isabel. O dinheiro veio do Governo do Estado para o hospital e será destinada à reconstrução das alas afetadas pela enchente de 2008.
O dinheiro será repassado ao Fundo Municipal de Saúde que encaminhará para a instituição. O processo inclui a reconstrução do acesso que liga o hospital ao colégio Sagrada Família e a restauração do reservatório de água e do gerador de energia.
No evento, o presidente da Associação dos amigos do Hospital Santa Isabel (Amabel), Dr. Vitor Hugo Bôer, agradeceu Giancarlo Tomelin que intermediou a conquista da verba e salientou que o desejo é tornar o Santa Isabel o melhor hospital. Na sua breve fala, Tomelin lembrou da sua primeira visita a Amabel e da promessa que fez a entidade. “Na ocasião comprometi-me em ajudar o hospital, conversei com Dado Cherem e ele disse que a verba iria vir”, contou Tomelin.
Além do deputado, estavam presente o Governador Luiz Henrique da Silveira, o Secretário de Estado da Saúde, Dado Cherem, o prefeito em exercício, Rufinus Seibt, e o Secretário da 15ª Regional, Paulo França.




Sérgio Eduardo de Oliveira – 28/03/2009

2 comentários:

  1. Vc., defendedo o diploma?

    ResponderExcluir
  2. ~Esclarecendo... o SAMU é um serviço pré-hospitalar da área da saúde, parte do Plano de Atenção às Urgências do Governo Federal, que tem funcionado exatamente dentro dos preceitos do Ministério da Saúde. O que falta é compreensão de todos, imprensa, gestores, autoridades e população, de que não se trata de um serviço somente de ambulâncias mas sim, de um serviço de saúde com médico 24 horas, que fornece desde orientações a atendimentos no local com viatura.
    Diferente dos demais serviços que deveriam fazer parte da Central Integrada de Urgência, PM e CB, o SAMU tem regulação realizada por médico, rspaldada por lei (gravação), onde, pode o médico orientar o melhor destino para cada caso e não simplesmente enviar viatura, muitas vezes apenas para servir de meio de locomoção e comodidade para aqueles que não querem se dirigir aos Postos. Dentro da área da saúde ainda, o SAMU tem a função de organizar o fluxo de pacientes dentro das instituições públicas de atendimento á saúde.
    Deixo aqui ainda, a disposição de quem interessar nosso telefone de contato para palestras sobre o que é e como funciona o SAMU, que cremos ser melhor maneira de esclarecer até mesmo aqueles que julgam saber do que estão falando.
    Dra. Maria Beatriz S. Schmitt Silva
    Coordenadora do SAMU do Vale do Itajaí
    Fone: 33364980

    ResponderExcluir