quinta-feira, 19 de março de 2009

REPERCUTIU



O tal projeto que prevê a implantação da “Ficha de Conduta Disciplinar”, do vereador blumenauense Zeca Bombeiro (PDT), não foi bem aceito pelos professores da rede pública municipal. Segundo muitos deles que enviaram e-mails para o Blog do NEURôNIO, esse método era usado nas escolas com o nome de Ficha Cumulativa, mas foi abolido em meados da década de 80.
Tudo porque, na tal ficha, era colocado tudo o que o aluno fazia na escola – desde peso, altura e presença até seu comportamento perante aos colegas.
Segundo os professores, essa ficha rotulava os alunos problemáticos como maus alunos e quando eles trocavam de escolar, eram discriminados por causa das anotações.
O que os educadores querem é que os vereadores proponham medidas para que estes alunos com má conduta tenham o direito a ter professores de apoio, atividades extracurriculares e outras medidas que ajude a colocá-lo no caminho certo.
Até hoje, segundo eles, “não viram nenhum vereador fazer um projeto que beneficie o profissional de educação”.
Esse projeto ainda vai dar pano pra manga.

EMPREGOS

Blumenau, em fevereiro, foi o município de SC que teve o melhor saldo na criação de postos de trabalho, com um superávit de 1.524 vagas. Em 2009, Blumenau teve um saldo positivo entre as admissões e demissões de 1.133 postos, perdendo apenas para Fraiburgo, que teve um saldo de 2.867 vagas a mais do que as demissões, tudo por causa da safra da maçã.
Já nos últimos 12 meses, Blumenau ficou com a sétima posição no ranking de superávit na criação de postos de trabalho, abaixo de São José (6.646), Florianópolis (6.341), Joinville (3.904), Chapecó (3.817), Jaraguá do Sul (2.659) e Criciúma (1.894).
O lado negativo é que Blumenau acabou ficando atrás das demais cidades pólo de SC, mas temos que levar em consideração que a catástrofe de 2008 acabou desacelerando a economia na região.

SCHRUBE DÁ LUGAR PARA MARIA BERNADETE



A partir do dia 24, terça-feira, a terceira suplente do DEM, Maria Bernadete Lombardi Moreira, vai assumir temporariamente uma cadeira na Câmara de Vereadores de Blumenau no lugar do vereador Marcelo Schrube, que pediu licença por 30 dias para resolver assuntos particulares.
Maria Bernadete só assume porque Almir de Souza, o Paletó, abriu mão da cadeira em favor da companheira de partido.
A suplente obteve na eleição de 2008, 1.577 votos. Ela é educadora da rede municipal e cursa o 9º semestre da faculdade de Direito da FURB.

SIGILO FISCAL DO DEPUTADO



A Câmara analisa o projeto do deputado Ivan Valente (PSol-SP) que prevê a divulgação, na internet, da declaração anual do Imposto de Renda e da declaração de bens dos deputados.
A proposta, que foi apresentada em nome da bancada do PSol, tem o intuito de garantir ao eleitor a possibilidade de acompanhar a evolução patrimonial do candidato.
Segundo o projeto, as informações serão disponibilizadas no portal da Câmara na internet, que já publica informações gerais sobre o deputado, sua biografia, atividades parlamentares, discursos e gastos com a verba indenizatória.
O projeto foi será analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania e pelo Plenário.

MATERIAL ROUBADO


Segundo a matéria publicada ontem no diario.com, cerca de 350 cavaletes e 150 cones já foram roubados nas ruas de Blumenau desde a tragédia ocorrida em 2008.
O Departamento de Trânsito de Blumenau usa esse tipo de sinalização para indicar os lugares perigosos no trânsito da cidade. Além de colocar em risco a vida dos motoristas pela falta da sinalização, o rombo no caixa do Seterb chega em torno de R$ 21 mil para a compra de novos equipamentos.
Segundo a matéria, só na República Argentina já foram furtados 17 cones e 6 cavaletes que estavam sinalizando as barreiras que caíram naquele local.
É um verdadeiro absurdo que esse tipo de coisa aconteça na cidade.
Ouve-se muito a população reclamar do poder público, mas o que dizer agora da população que faz esse tipo de coisa.
O que daria para fazer com R$ 21 mil? Essas pessoas deveriam pensar que se a prefeitura gasta esse dinheiro repondo o que foi roubado, não pode investir na cidade como o povo gostaria.
Tem muita gente sem consciência e sem vergonha na cara que, durante o dia vai à rádio reclamar da prefeitura, e a noite depreda o patrimônio público e furta material usado para sinalização.

PELA METADE

O lado bom da pressão em cima do Senado é que o presidente da casa, Senador José Sarney (PMDB), está se movimentando para tentar limpar a imagem do Senado e dos Senadores.
A última medida adotada por Sarney é cortar pela metade o número de diretores do legislativo, que hoje são 136, o que dá quase dois para cada um dos 81 Senadores.
Segundo ele, quem for sério vai ficar no cargo. Ele determinou também, na última terça-feira, que vai exonerar os 136 diretores em virtude das últimas denúncias veiculadas na imprensa. Sarney somente vai reconduzir ao cargo aqueles que tiverem um bom histórico e que merecerem ficar no Senado.
Isso prova que quanto mais ficarmos de olho, mais eles se sentirão pressionados, ainda mais em véspera de eleições nacionais.




Sérgio Eduardo de Oliveira – 19/03/2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário