quarta-feira, 8 de abril de 2009

MAIS UM



Na tarde de ontem, o presidente da Câmara de Vereadores de Blumenau, Jens Jurgen Mantau (PSDB), teve seu requerimento de nº 41/2009 aprovado.
Este requerimento é uma moção de apelo, que será encaminhado para o prefeito João Paulo Kleinubing (DEM), solicitando a nomeação do Sr. Mário Schwanke para o cargo de Intendente da Vila Itoupava.
Como se sabe, Jens Mantau é oriundo daquela região e com um dos seus aliados à frente do órgão que administra as ações da prefeitura por lá, fica mais fácil de trabalhar.
Como já disse em outra ocasião, a Câmara vai acabar mandando mais que o prefeito. Se é que já não manda.

DEVE ASSUMIR



Com o término do seu mandato na Associação Empresarial de Blumenau (Acib), Ricardo Stodieck já está sendo esperado pelo governador Luiz Henrique (PMDB) para assumir a presidência da SC Parcerias, em Florianópolis.
Fontes do governo do estado dizem que Stodieck já teria aceitado o convite, mas está esperando o próximo dia 27 para passar o comando da Acib para Ronaldo Baumgarten Filho, num evento que vai acontecer no Teatro Carlos Gomes, para assumir o cargo na capital do estado.
Stodieck, segundo informações da capital, assumiria seu novo posto no dia 1º de maio, dia do trabalho.
Vamos esperar.

FIM DAS VIGILIAS



Conforme anunciou o vereador Sargento Armindo Maria (PDT) na tribuna da Câmara de Vereadores de Blumenau, os praças encerraram na tarde de ontem as manifestações contra o governo estadual nas cidades do interior, concentrando as ações na cidade de Florianópolis.
“Mandaram os coronéis da Polícia Militar agirem de forma repressiva contra as esposas e familiares e punir os praças que estiveram à frente da manifestação no final do ano passado”, enfatizou Armindo. Para ele, os praças são profissionais com “comportamento excepcional e preocupados com a segurança pública”.
Segundo e-mail que recebemos no mês de março do deputado estadual Amauri Soares (PDT), o governo vai acabar com uma bomba nas mãos, pois dependendo do acordo que será feito com a justiça, ou o governador terá que diminuir os salários dos oficiais, ou aumentar o dos praças.

NOVA EXECUTIVA
O Partido Progressista de Itajaí, que tem como figura principal o prefeito Jandir Belinne, realizou na segunda-feira, na sede do partido, a eleição para a escolha da nova executiva municipal. Osvaldo Gern foi eleito presidente, a vereadora Suzete Inês Bellini de Andrade ficou com a vice-presidência e na 2º Vice Presidente ficou Carlos Augusto da Rosa.
Diferente de Blumenau, o PP do litoral está afinado e já se preparando para as eleições de 2010.

FESTA DO COLONO

E por falar em Itajaí, o Secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Gilmar Knaesel, recebeu em Florianópolis o Secretário de Agricultura Carlos Rebelo, o Secretário de Habitação Wagner Lúcio de Souza e a Vereadora Susi Bellini para discutir a possibilidade de repasse de recursos para a Festa Nacional do Colono, realizada todos os anos na cidade.
Knaesel recebeu da comitiva um projeto da festa e prometeu analisar e reservar um repasse de verba para o evento, que é considerado o maior do Estado no gênero.
A Festa do Colono tem data prevista para acontecer no período de 23 a 26 de julho, no Parque do Agricultor Gilmar Graf. Devido a proximidade da data, o desafio maior para a Comissão Organizadora é angariar recursos junto aos Governos Estadual e Federal e também na iniciativa privada.

A FORÇA DE DEUSDITH



“...Não interessa se eu apoiei o João Paulo, se consegui alguns mil votos para o João Paulo. A minha obrigação é solicitar as providências...”.
Com essa demonstração de independência, o vereador blumenauense Deusdith de Souza (PP) iniciou a sua fala no plenário da Câmara na tarde de ontem. Quando se pensava que ele iria disparar novamente a sua metralhadora contra o Samae, a coisa acabou bem diferente. Ele e o Diretor de Operações da autarquia, Engenheiro Ramiro Nilson, percorreram vários pontos da cidade na última segunda-feira para averiguar, em loco, os trabalhos não realizados pela empreiteira Sul Catarinense. O engenheiro comprovou que as denúncias do vereador Deusdith, que afirmou que a empreiteira não estava realizando os trabalhos de recuperação nos pavimentos, eram verdadeiras e enviou uma notificação para a empresa para que ela termine os serviços num prazo de 15 dias sob pena de multa contratual.
O vereador revelou que estava disposto a pedir a suspensão dos pagamentos da empresa contratada, mas se disse satisfeito com as providencias tomadas pelo diretor do Samae. O líder do PP garantiu que vai continuar falando das coisas erradas que estão sendo feitas no município.
Na minha visão, ele está certo, independente do lado que esteja nesse momento. Vereador é eleito para fiscalizar.

REPÚDIO AOS PEDÁGIOS



A Assembléia Legislativa aprovou moção de repúdio à instalação de praças de cobrança de pedágio em rodovias federais que cortam o território catarinense, de autoria do deputado Sargento Amauri Soares (PDT).
Agora essa manifestação será enviada ao ministro dos Transportes, ao presidente da Agência Nacional de Transportes Terrestres e ao superintendente Regional do DNIT em Santa Catarina.
Para Amauri Soares, a natureza jurídica das concessões de rodovias públicas apresenta interesses “antagônicos e irreconciliáveis” entre o concessionário, que busca o lucro fácil com a exploração econômica de um bem público, e o Estado, que tenta se eximir da responsabilidade de prestar um bom serviço público.
O processo de concessão de rodovias federais em Santa Catarina, segundo ele, é ainda mais grave porque a concessionária é uma empresa estrangeira que vai arrecadar em SC e acumular os lucros na Espanha, sede da empresa.

REFORMANDO APARTAMENTOS



A Câmara dos Deputados pretende, nos próximos dois anos, aumentar de 432 para 528 o número de apartamentos funcionais. Com essa medida, a Casa poderá extinguir o auxílio-moradia, que consome hoje R$ 13 milhões por ano do orçamento. A intenção é transformar apartamentos funcionais de três e quatro quartos em duas unidades de dois quartos. O 4º secretário, deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP), informou que a previsão de gastos com a reforma dos apartamentos é de R$ 150 milhões. O valor inclui a transformação desses apartamentos, as reformas que já estão em andamento e as que serão feitas em outros imóveis funcionais, totalizando 18 edifícios. A decisão foi anunciada hoje pelo presidente Michel Temer, logo após reunião da Mesa.
Atualmente, o pagamento do auxílio-moradia é de R$ 3 mil para os deputados que não ocupam apartamentos funcionais, que hoje chega a 40% dos 513 deputados.
Duvido que os deputados vão aceitar morar em apartamentos de dois quartos. Daqui a pouco eles arrumarão uma brecha para receber novamente esse valor.



Sérgio Eduardo de Oliveira – 08/04/2009


Nenhum comentário:

Postar um comentário