quarta-feira, 27 de maio de 2009

NOVO ASSESSOR



Liguei ontem no gabinete do vereador Jefferson Forest (PT) para confirmar sua ida ao programa Passando a Limpo, na Rádio Blumenau, na tarde de hoje e, para meu espanto, quem atendeu o telefone foi o vereador licenciado Vanderlei de Oliveira. É que o vereador estava dando uma mão para o colega petista em virtude da exoneração dos dois funcionários que levaram a pizza para o plenário na semana passada.
Sobre esse e outros assuntos é que vou conversar com Forest, a partir das 16:00 horas, no Passando a Limpo.
Vale a pena conferir.
Quem preferir acompanhar a entrevista pela Internet, pode acessar o site http://www.radioblumenau.com.br/ e ouvir a entrevista ao vivo.

SCHRUBE SE LICENCIA



O vereador Marcelo Schrube (DEM) se licenciou do cargo na tarde de ontem para viajar para a cidade de Gummersbach, na Alemanha, onde participará do Seminário "Political Leadership" na Academia Internacional para Dirigentes deste instituto.
A data de retorno de Schrube está prevista para o dia 20 de junho. A viagem e os custos serão financiados pelo Instituto, que no Brasil é representado pelo Diretor Executivo Rainer Erkens, com sede na cidade de São Paulo.
Durante este período, assume a vaga de vereador o quarto suplente do Democratas, João Valle, que obteve 1424 votos nas eleições municipais de 2008.

REQUERIMENTO APROVADO



Na sessão de ontem da Câmara de Vereadores de Blumenau o vereador Jovino Cardoso Neto protocolou o requerimento de número 537/2009 que pede para o Seterb enviar documento informando qual é a forma atual de remuneração dos agentes da área azul; se estes servidores recebem remuneração fixa ou por produção; se existe algum tipo de premiação por produtividade ou qualquer outra forma de beneficiar os agentes que emitem maior quantidade de bilhete e qual é a forma de contratação destes servidores.
Já não é o primeiro vereador que questiona o Seterb sobre a forma de remuneração das funcionárias da Área Azul.
Daqui a trinta dias, prazo que a autarquia tem para responder os questionamentos do vereador, vamos conversar com Jovino para saber também como tudo isso é feito.

O JULGAMENTO

O vice-governador Leonel Pavan (PSDB) antecipou para ontem a viagem que faria hoje para Brasília. Foi prestigiar o colega de partido, deputado estadual Marcos Vieira (PSDB), que recebeu do Senado o prêmio Mérito Legislador 2008, juntamente com outros 149 legisladores.
Mas Pavan, que não esconde sua apreensão com o julgamento, vai aproveitar a estadia na capital federal para conversar com os advogados de defesa e saber mais detalhes do processo.
O julgamento está previsto para começar às 19:00 horas do dia 28 e o advogado de acusação Gley Sagaz terá 20 minutos para fazer suas elagações. Depois, o advogado de defesa do governador Luiz Henrique também terá os mesmos 20 minutos e o advogado de defesa de Pavan também poderá se pronunciar pelo mesmo tempo.
A partir daí o futuro do estado de SC estará nas mãos dos Ministros do TSE.
Em Brasília há um comentário muito forte sobre a pressão que os representantes do governo estadual estão fazendo para terem êxito nessa empreitada. Especulou-se ontem que Luiz Henrique havia pedido apoio do Palácio do Planalto para resolver essa questão a seu favor, mas nada se confirmou oficialmente.
Até o parecer final, muita coisa deve ocorrer em Brasília. De verdade mesmo, só a movimentação da bancada catarinense nos bastidores e a confiança do governo na vitória.

ACORDO FECHADO

Os servidores públicos municipais de Blumenau aceitaram a proposta da Prefeitura de aumento salarial de 5.83% (INPC) mais o vale de alimentação de R$ 7,00.
Segundo Dione Gonçalves, presidente do sindicato, a proposta foi aceita em virtude da situação que a cidade por causa da catástrofe de 2008. O Sintraseb queria um aumento de 10,83% mais um vale alimentação de R$ 10,00.
Ontem os servidores públicos municipais agiram com bom senso, pois como a prefeitura passa por um momento financeiramente delicado, eles deram a sua contribuição.
Vamos ver se no ano que vem o prefeito saberá reconhecer esse esforço.
Enfim, o que importa é que o cidadão não terá que enfrentar uma greve pela frente e todos saem satisfeitos.

QUERO QUERO

Hoje e amanhã o vice-prefeito Rufinus Seibt, o presidente do Seterb, Rudolf Clebsch, e o assessor do gabinete do Vice-Prefeito, Álvaro Correia Filho, se reunião em São Paulo com o presidente do Grupo Jadlog, José Afonso Davo, para discutir alternativas para melhorar as operações do Aeroporto Quero-Quero, reativação do transporte de passageiros, além de conhecer as operações da empresa.
A Jadlog, grupo paulista com sede em Jundiaí e especializada em transportes de cargas, passageiros e turismo, mostrou interesse em atuar na cidade, mas para isso é necessário que a prefeitura faça as obras necessárias para que a empresa possa ter totais condições de operar.
Hoje o Aeroporto Quero-Quero está apto para pousos e decolagens de aeronaves de pequeno porte, como aviões a jato modelos particulares. Composto por uma pista com 1.450 metros de comprimento, sendo 1.080 metros homologados pela Anac - Agência Nacional de Aviação Civil, opera diariamente, desde o nascer até o pôr do sol, em condições visuais. Atualmente, a administração pública municipal busca formas de ampliar o funcionamento do aeroporto, através da operacionalização de linhas comerciais.

RAPOSA NO GALINHEIRO 1

Ontem a direção do Procon de Blumenau apresentou para o Prefeito João Paulo Kleinübing o Projeto de Lei que dá, entre outras coisas, poder de punição para o órgão. A reunião contou também com a participação de diretores da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Sindicato do Comércio Varejista de Blumenau (Sindilojas), Associação Comercial de Blumenau (Acib) e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).
Agora João Paulo deve encaminhar o Projeto para a Câmara de Vereadores, que vai analisar e colocar em votação.
Segundo release enviado pela assessoria de comunicação da Prefeitura, “a proposta da nova Lei do Procon visa dar mais dinamismo ao órgão e um melhor atendimento aos consumidores”.
O projeto teve duas alterações: foi criada uma comissão formada por sete representantes: Procon, Acib, CDL, OAB, Prefeitura, Sindilojas e um sétimo integrante ainda será definido pela comissão. Também foi acrescentada uma Junta de Recursos para analise das aplicações das sansões.
Ontem de manhã Erivaldo Nunes Caetano Júnior, diretor-geral do Procon, esteve reunido com os diretores da CDL, Marcelino Campos, e do Sindijolas, Alexandre Peters, para acertar os ponteiros sobre o projeto.

RAPOSA NO GALINHEIRO 2

“Ambos representantes ficaram satisfeitos com o Projeto, como também, com a instalação da junta de julgamento das multas, que vai dar mais autonomia ao órgão”, salienta Erivaldo.
Eu, particularmente, acho um absurdo o diretor do Procon e o Prefeito de Blumenau serem obrigados a consultar os presidentes da CDJ e Sindilojas sobre um projeto que vai fiscalizá-los. Eles tem que entender que, se cumprirem o Código de Defesa do Consumidor, nada vai acontecer com os Lojistas.
Só terão problemas, usando uma frase do Alexandre José, se andarem na contramão da lei.
O que o Prefeito João Paulo e o senhor Erivaldo Caetano deveriam fazer é apenas enviar o projeto para os vereadores, que terão a prerrogativa de aprová-lo ou não, de acordo com a discussão que devem fazer com a população.
Agora, levar o projeto para os lojistas referendarem é uma falta de respeito para com o blumenauense.

FUTURO NEGRO

Santa Catarina é o 2º estado do Brasil que mais desmatou entre 2005 e 2008, perdendo pouco mais de 25 mil hectares, cerca de 1,19% da sua floresta nativa. Já as cidades de Itaiópolis e Santa Cecília estão entre as dez cidades do país que mais perderam Mata Atlântica nos últimos quatro anos. Itaiópolis perdeu cerca de 1800 hectares, enquanto Santa Cecília desmatou 1.063 hectares.
Isso prova que não dá para tratar os recursos naturais com projetos eleitoreiros. O novo Código Ambiental só vai acelerar essa destruição.
Antes de mudar a lei, tem que conversar com quem entende do assunto, pois Deputado Estadual nenhum mostrou conhecimento de causa para bater o martelo e decidir o que é melhor para Santa Catarina.

PORTO DE ITAJAÍ RECEBE VERBA FEDERAL



A Comissão Mista de Orçamento da Câmara dos Deputados aprovou ontem o Projeto de Lei que libera R$ 492,08 milhões do Orçamento federal para a Secretaria Especial de Portos, vinculada à Presidência da República. Os recursos serão usados para dragagem e adequação da navegabilidade em 16 portos marítimos em dez estados.
As obras fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Entre este ano e 2010, será investido nos portos de todo o país um total de R$ 1,26 bilhão. O projeto recebeu parecer favorável do relator, deputado João Carlos Bacelar (PR-BA), e agora será analisado no Plenário do Congresso, em data ainda não marcada.
Os recursos, que virão do Tesouro Nacional, foram divididos segundo o volume da dragagem a ser realizada. O Porto de Itajaí vai receber R$ 3,08 milhões para as obras de dragagem e de melhoria na navegabilidade.




Sérgio Eduardo de Oliveira – 27/05/2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário