sábado, 9 de maio de 2009

PUNIÇÃO À MARÇAL 1



Na próxima terça-feira, a Comissão de Constituição, Legislação e Justiça da Câmara de Vereadores de Blumenau, vai analisar o caso do vereador João José Marçal (PP), que no dia 30 de março tentou impedir que os agentes da Guarda Municipal de Trânsito apreendessem um micro-ônibus que estava fazendo transporte escolar irregular para alunos da escola Quintino Bocaiúva, no Texto Salto.
Como todo perrengue entre o vereador e os guardas foi gravado, a Mesa Diretora encaminhou um pedido de análise da conduta do vereador à Procuradoria do Legislativo. Com isso, o presidente da CCJ, vereador Marco Antônio Wanrowsky (PSDB), recebeu a gravação do presidente da casa, vereador Jens Mantau (PSDB), e enviou ofício para a procuradoria pedindo agilidade no processo de análise jurídica das gravações.
Mas na Câmara, há fortes rumores que não será pedido a cassação de João José Marçal, mas sim uma punição de 60 dias em virtude do comportamento do vereador naquele dia.
Com isso, assumiria o primeiro suplente e o vereador ficaria sem receber os seus vencimentos pelo mesmo período.

PUNIÇÃO À MARÇAL 2

Se isso acontecer, a pergunta que fica é: porque nos casos dos vereadores Jovino Cardoso Neto (DEM), que em 2008 tentou impedir que os guardas de trânsito multassem e guinchassem os veículos dos fiéis da sua igreja, e também no caso do vereador Zeca Bombeiro (PDT), que fugiu de uma blitz e só foi pego depois que uma viatura da policia militar foi atrás, nada aconteceu?
Marçal errou feio sim, mas o comportamento dos outros dois vereadores também não foi uma falta grave de conduta.
O que é para um, deve ser para todos.
Com a palavra, a Câmara de Vereadores de Blumenau.

SEGURANÇA PÚBLICA

Na próxima terça-feira, o governador Luiz Henrique da Silveira, o secretário de Segurança Pública, Ronaldo Benedet, e demais membros responsáveis pela segurança pública no estado, estarão em Blumenau para, às 17:00 horas na 15ª Secretaria Regional, para discutirem melhorias para o setor.
Segundo policiais militares e civis da cidade, há uma grande defasagem no número de policiais para poder manter a ordem pública em Blumenau.
Outro problema, que não deverá entrar na pauta da reunião de terça, é a defasagem salarial reclamada pelos praças e também pela polícia civil.
Segundo o delegado Padilha, há dez anos que policiais civis de Blumenau não recebem um aumento de salário.
Na verdade, se fará mais uma reunião para a imprensa mostrar que o governador está preocupado, mas que não terá nenhuma ação concreta para melhorar a situação.
Infelizmente o governador não irá conversar com nenhum policial para saber a verdadeira situação da corporação e também não irá visitar o Presídio de Blumenau para constatar, em loco, a situação daquela instituição.

EVENTOS ESPORTIVOS

Hoje em Blumenau inicia, a partir das 9:00 horas no Tabajara Tênis Clube, o Aberto de Tênis de Santa Catarina. O evento vai receber tenistas do Brasil e do exterior que vão lutar, até o próximo dia 17, por uma premiação de U$ 35 mil e também por pontos para melhorarem suas posições no ATP.
Para os que quiserem mais informações, podem acessar o endereço http://www.abertosantacatarinadetenis.com.br/.
No domingo, a partir das 8:30 horas, acontece a Corrida e Caminhada contra o Câncer de Mama, com o percurso de 7300 metros. A saída será defronte ao Ginásio do Galegão, passando pelas ruas Humberto de Campos, Sete de Setembro, contorna a Fonte Luminosa até a rua das Palmeiras, subindo a rua XV de novembro até rua Paulo Zimmermann e retornando também pela 7 de setembro e Humberto de Campos, com chegada também defronte ao Galegão. A caminhada terá 4 mil metros, saindo também do Galegão.
Para os que gostam de esporte, são duas opções bastante interessante. Vale a pena conferir.

QUE BOLSA É ESSA? 1

Relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) apontou falta de controle e falhas de segurança no cadastramento de beneficiários do Bolsa Família, Programa do Governo Federal. Nas contas do TCU, os problemas de cadastramento podem ter gerado um prejuízo de, pasmem, R$ 318 milhões por ano, ou seja, R$ 26 milhões por mês. O relatório do Tribunal tem cerca de 120 páginas e traz mais de 60 recomendações para o funcionamento do programa.
Segundo o documento, o Cadastro Único dos Programas Sociais (CadÚnico), utilizado pelo governo federal, é inconsistente quanto aos dados de renda e patrimônio, tem problemas na identificação dos responsáveis familiares e erro no cálculo de valores pagos nos benefícios. O TCU determinou que seja averiguado se não há pagamentos irregulares e que o MDS renegocie o contrato com a Caixa Econômica Federal que efetua o pagamento dos benefícios. Na avaliação do ministro Augusto Nardes, relator da auditoria feita por seis servidores do TCU, os problemas foram verificados porque não está sendo cumprindo o que determina a lei, especialmente em relação à revisão do cadastro de dois em dois anos.

QUE BOLSA É ESSA? 2

Para o ministro, “se houvesse checagem por parte do MDS, acho que nós não teríamos esses números”, avalia. Entre os problemas, Nardes aponta que 83 mil famílias cadastradas possuem renda per capita superior a meio salário mínimo, faixa limite do programa, e há 299 mil pessoas com indício de falecimento para as quais ainda é pago o benefício.
Além desses problemas, a auditoria verificou que, entre os beneficiários do Bolsa Família, 40 mil pessoas se candidataram nas últimas eleições e 577 se elegeram. De acordo com cruzamento de dados de registro de veículos, 106 mil beneficiários são proprietários de automóveis ou motos e segundo Nardes, há até o caso de uma pessoa que tem sete caminhões, avaliados em R$ 156 mil.
É por essas e outras que não há dinheiro para fazer casas, comprar terrenos, construir escolas e pagar bolsas de estudo para estudantes carentes.
Era só ter um pouco mais de cuidado. Será que é tão difícil fiscalizar?

VEREADOR NA INTERNET



Já está no ar o site do vereador blumenauense Napoleão Bernardes (PSDB). Através da página, o cidadão de Blumenau poderá enviar e-mail para o vereador questionando, sugerindo, reclamando e também participando do mandato desse vereador.
O site é fácil e pode se transformar numa boa ferramenta para monitorar todas as ações do vereador tucano. Lá você pode ficar sabendo dos assuntos abordados por Napoleão na tribuna da Câmara, assistir vídeos, conhecer alguns projetos de indicação do vereador no seu bairro e opinar sobre os assuntos polêmicos.
Na minha opinião, todo vereador deveria ser ter uma página na internet para informar para os eleitores o que ele está fazendo pela cidade.
E ta mais do que na hora do cidadão começar a usar as ferramentas disponíveis para monitorar os representantes eleitos pelo povo.

INVESTINDO NA BASE

Hoje, a partir das 9:00 horas, na pousada do SESC, em Lages, acontece o 1º Encontro Estadual da JDEM/SC. O evento vai contar com cerca de 600 jovens, que vão discutir e planejar ações para a juventude do partido. Aproveitando a ocasião, o deputado estadual Jean Kuhlmann e o senador Raimundo Colombo estarão nesse encontro para mobilizarem o grupo já visando às eleições de 2010. "Precisamos incentivar o surgimento de novos líderes, agentes da renovação partidária", afirmou Kuhlmann.
O evento também terá a participação de vereadores, prefeitos e outros dirigentes da sigla. Os jovens Democratas vão participar durante todo o dia de estudos sobre formação política e programas de aperfeiçoamento, divididos por temas, como planejamento estratégico, uso da internet, ações sociais, diretórios municipais e comunicação política. A coordenação técnica estará a cargo do cientista político Marcelo Puppi, do Instituto Friedrich Naumann para a Liberdade.

LIMITE NOS GASTOS



O relator do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias, deputado Wellington Roberto (PR-PB), anunciou que vai incluir um dispositivo no texto da lei para limitar os gastos com custeio dos poderes no próximo ano. A idéia, segundo ele, é preservar os recursos para investimentos.
As despesas com custeio são aquelas relacionadas ao dia-a-dia da máquina administrativa, como pagamento de diárias aos servidores, contratação de terceirizados, gastos com luz, telefone e combustível.
Para chegar a um percentual de limite de gasto, Roberto disse que é fundamental conhecer quanto os poderes despendem hoje com cada tipo de custeio. Esse número, segundo ele, ainda não é bem conhecido. "O custeio é uma caixa-preta. Ninguém sabe quanto o Judiciário gasta em passagem aérea ou quanto o Executivo gasta com auxílio-moradia. Precisamos abrir essas caixas", disse. Ele ressaltou que este ano o único poder que limitou gasto com custeio foi o Legislativo.

NO PASSANDO A LIMPO DE SEGUNDA-FEIRA



Vai estar comigo no programa Passando a Limpo, da Rádio Blumenau AMN 1260, na próxima segunda-feira, o advogado e suplente de deputado estadual pelo PV, Ivan Naatz. Vamos falar das ações jurídicas propostas Poe ele nos últimos anos e também do seu futuro político.
Vale a pena conferir o programa, que vai pro ar de segunda a sexta-feira, das 16:00 às 17:00 horas.
O ouvinte pode participar do programa através do e-mail fale@radioblumenau.com.br ou também pelo telefona (47) 3340-1260.
Um bom fim de semana à todos e até a próxima segunda, quando voltarei com mais informações.



Sérgio Eduardo de Oliveira – 09/05/2009

Um comentário:

  1. Sergio, o Marçal além de ser reincidente, ele é reu confeço, pois assumiu em entrevista ao "Santa" que ameaçou o presidente do SETERB, e mais declara na mesma entrevista que fez chantagem, pois afirma ter provas documentais contra o SETERB. Livrar a barra dele, pode o prefeito e muito mais gente terem o rabo preso com ele e mais coisas surgirem.

    ResponderExcluir