sexta-feira, 5 de junho de 2009

DÁRIO IRIA PEGAR O VÔO 447



Segundo informações do jornalista Roberto Azevedo, o prefeito de Florianópolis Dário Berger (PMDB) e o seu Secretário de Turismo, Mário Cavalazzi, deveriam ter embarcado no vôo 447, da Air France, mas em virtude de alterações na agenda, acabaram adiando a viagem.
Dário e Cavalazzi deveriam ter embarcado domingo a noite para Paris onde fariam uma escala para Marrakech, no Marrocos, com um grupo da Escola de Samba Copa Lord.
Como o prefeito diz não temer esse tipo de acidente, já tem marcado para os próximos dias uma viagem para Stuttgart, na Alemanha, onde vai participar do Seminário Internacional sobre Mobilidade Urbana.

PARA QUEM GOSTA DE FRIO



Ontem começou a 21ª Festa Nacional do Pinhão, na cidade de Lages, no Planalto Serrano de Santa Catarina. O evento vai do dia 4 até o próximo dia 14 de junho com muita música, comida típica e muito frio no Parque Conta Dinheiro.
Para os interessados que quiserem mais informações, é só acessar o site http://www.festadopinhao.com/.
Como diz Esperidião Amin, me inclua fora dessa. A festa é muito boa, mas em Lages, nessa época, é muito frio. Prefiro esperar o verão por aqui mesmo.

PROMOTOR ATENTO

Muitos estão questionando o Ministério Público pela passividade nos últimos acontecimentos da cidade de Blumenau. Mas o promotor Gustavo Ruiz, da Moralidade Pública, já disse que está atento a tudo, só não divulga as ações da promotoria para não prejudicar o andamento dos processos.
Vocês lembram daqueles três funcionários comissionados da Prefeitura de Blumenau que foram denunciados pelo Santa por não comparecerem ao trabalho? O Promotor Gustavo me disse que esse processo terá que ser iniciado novamente em virtude de mudanças na lei.
Disse também que, agora que voltou de férias, na última quinta-feira, vai dar prioridade para o Presídio de Blumenau, que se tornou um barril de pólvora.
Poderia aqui relatar muitos casos colocados pelo promotor, mas como não pretendo atrapalhar o trabalho dele, prometi publicar apenas quando esses casos tiverem um desfecho.
Mas, segundo ele, tudo tem que ser rigorosamente dentro da lei, caso contrário será tempo perdido.
Como conheço Gustavo há muito tempo, sei que o que cair na mão dele, vai ter uma solução. É um cara sério, dedicado e já fez um excelente trabalho à frente da Promotoria da Infância e Juventude.

PROFECIAS DE DEUSDITH



Na quarta-feira, no Passando a Limpo da Rádio Blumenau, o vereador Deusdith de Souza (PP) disse que a aliança entre DEM, PMDB, PSDB e PP em Blumenau não duraria até o fim de 2009.
Parece que as palavras de Deusdith começaram a fazer efeito na sessão de ontem na Câmara de Vereadores de Blumenau. Depois que Fábio Fiedler (DEM) apresentou alguns números de valores da reconstrução de Blumenau, colocando o Governo do Estado em último, o peemedebista Beto Tribess não gostou e saiu em defesa do governador, chamando o Democrata de “Vereador Tabelinha”.
O mais curioso é que esse desentendimento entre Fiedler e Beto Tribess, ambos componentes da mesa diretora, não apareceu em nenhum momento nos informativos enviados pela assessoria de comunicação da Câmara de Blumenau.
Depois do corte na transmissão da sessão onde os dois funcionários do gabinete do vereador Vanderlei (PT) entregaram pizzas no plenário, agora os assessores de comunicação do legislativo devem estar impedidos de relatar tudo o que acontece nas sessões.
Não é escondendo os fatos que a Câmara vai melhorar a sua imagem perante o eleitor.

IDONIEDADE MORAL 1

A Comissão de Constituição do Senado aprovou na quarta-feira o projeto de lei do senador Pedro Simon (PMDB-RS) que condiciona o registro da candidatura a cargo eletivo à comprovação de idoneidade moral e reputação ilibada. O texto passou em decisão terminativa, o que torna desnecessário sua votação em plenário, a não ser que haja recurso contrário.
O presidente da CCJ e relator da proposta, senador Demóstenes Torres (DEM-GO), lembrou que a medida é melhor que a chamada proposta da ficha-limpa, aprovada há mais de um ano na CCJ, mas que está parada na pauta de votação do plenário. Para Demóstenes, o texto submete os candidatos às mesmas exigências feitas aos cidadãos que prestam concursos para cargos públicos.
Ou seja, terão de ter moral e reputação ilibada.

IDONIEDADE MORAL 2

O relator da proposta informou que será o juiz eleitoral quem vai decidir se o candidato atende aos requisitos de idoneidade na hora de conceder o registro. Já a lei complementar da ficha-limpa impede o registro de candidatos condenados em qualquer instância, pela prática de crimes hediondos, como tortura e racismo, ou dolosos, contra a administração pública ou contra o sistema financeiro, além dos crimes por improbidade administrativa.
Na justificativa, Pedro Simon afirma que Lei de Inelegibilidade limitou-se a declarar inelegíveis os condenados sem chances de apresentar mais recursos. Segundo ele, a lei termina favorecendo aqueles que procuram adiar indefinidamente o julgamento das ações que possam levar a ações criminais. O que - na sua avaliação - "aumenta a corrupção e a irresponsabilidade dos Poderes Legislativos e Executivo".

PREFEITURA COMPRA PRODUTOS LOCAIS



A Prefeitura de Joinville vai oficializar para os agricultores da cidade a compra de produtos locais para o cardápio de alimentação escolar. A apresentação do Programa de Aquisição de Alimentos aconteceu ontem na sala do colegiado da Prefeitura de Joinville.
A sanção pelo prefeito Carlito Merss, da Lei Municipal nº 6.459, de autoria do vereador Manoel Bento (PT), vai permitir que a Secretaria de Educação utilize no mínimo 30% dos recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para compra de produtos da agricultura familiar. Parte do cardápio da rede municipal de ensino terá ingredientes vindos da região rural daquela cidade.
Taí uma boa idéia para fomentar a agricultura familiar local e manter essas pessoas no campo.

MAIS VERBAS



O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou na última quarta a Medida Provisória 461/09 que libera mais R$ 300 milhões para o Ministério da Integração Nacional aplicar em ações de defesa civil nos municípios em situação de calamidade pública provocada por cheias e secas entre outubro do ano passado e março deste ano, mas a matéria deve ainda ser votada pelo Senado.
De acordo com o Governo Federal, R$ 220 milhões serão usados para socorro e assistência às vítimas e R$ 80 milhões para a recuperação de danos nas regiões mais atingidas. A MP foi relatada pelo deputado Marcelo Melo (PMDB-GO), que rejeitou todas as emendas e recomendou a aprovação do texto original enviado ao Congresso.
Os recursos irão ajudar estados como Santa Catarina, Amazonas, Rio de Janeiro, Sergipe e Paraíba. Nos três primeiros, os danos foram provocados por fortes chuvas e enchentes. Nos dois últimos, a tragédia foi causada por uma estiagem.

CÂMARA ATUANTE

A partir deste mês o Balcão da Cidadania, coordenado pela Secretaria de Comunicação e Promoção Social da Câmara Municipal de Itajaí, passa a emitir carteiras de trabalho. Este é mais um serviço oferecido pelo Legislativo itajaiense, que tem o objetivo de desafogar as filas nas demais instituições da cidade. A medida foi aprovada com a assinatura do convênio entre a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) do Estado e a Câmara de Vereadores de Itajaí. Durante esta semana, três funcionários do Balcão realizam capacitação em Florianópolis para iniciar imediatamente esses serviços para a população.
Segundo o secretário de comunicação da Câmara, Herval Ângelo Esmeraldino, o objetivo do legislativo é assegurar os direitos dos munícipes. Dentre os trabalhos oferecidos estão também a certidão de nascimento, óbito, casamento, adoção, carteira de identidade, confecção de currículos, além da assessoria jurídica e a parceria com projetos sociais.
Para os que moram em Itajaí, o horário de atendimento do Balcão da Cidadania é das 8h às 19 horas nas terças e quintas-feiras. Nos demais dias o funcionamento é até às 18 horas. Durante toda a semana não há fechamento para o almoço.




Sérgio Eduardo de Oliveira – 04/06/2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário