segunda-feira, 27 de julho de 2009

NÃO AGUENTEI



Deixei uma mensagem no Blog do NEURôNIO dizendo que neste mês de julho estaria de férias. Mas vendo tudo que está acontecendo no cenário político municipal, estadual e federal, não agüentei e voltei antes do tempo. Pode até ser que não escreva todos os dias até o fim deste mês, mas hoje tive que postar o que vi e ouvi.
Boa leitura.

IMPRENSA DE BLUMENAU 1

Primeiro quero dizer que desde ontem não apresento mais o programa Passando a Limpo, na Rádio Blumenau AM, por conta de compromissos profissionais que assumi. Mas não posso deixar de dizer que é com dor no coração que deixo a titularidade do programa, pois na Rádio Blumenau fiz grandes amigos como o Marcos e a Jane Gelain, o Valdecir Rodrigues, o Marciano Regis, o Lucas, a Roberta, o Alazão e também aqueles que já conhecia, como o Alexandre Pereira, Armindo Vogue e o grande Amauri Pereira.
Enfim, um dia espero voltar a trabalhar nesse veículo que me deu a oportunidade e também muita liberdade para colocar aquilo que penso e acredito.

IMPRENSA DE BLUMENAU 2

Segundo, é que dizem por aí que um jornal local, jornal este que não é diário, já acertou com um futuro candidato a deputado estadual a abertura de espaços em suas páginas. Esse candidato nunca assumiu um cargo eletivo, apesar de já ter tentado por várias vezes.
E terceiro é que foi confirmado que um funcionário de um veículo de comunicação da cidade de Blumenau está mesmo com a gripe A H1N1, a chamada gripe suína.
Desde a suspeita, muitos colegas dele preferiram trabalhar em casa ou em lan houses da cidade, evitando irem até o trabalho por medo de também ficarem expostos ao vírus.
Mas, pelo que se sabe, a empresa já tomou as devidas providencias e ninguém mais corre o risco do contágio.
Mesmo assim, é melhor prevenir.

PRESSÃO 1

Na noite de ontem, na sede da Acib (Associação Comercial e Industrial de Blumenau), um deputado estadual da região se reuniu com a diretoria da entidade e ouviu taxativamente que eles, os empresários, não admitem que o projeto de lei 030/09, que institui pisos salariais para várias categorias de Santa Catarina, seja aprovado.
Este projeto foi encaminhado para a Assembléia Legislativa pelo governador Luiz Henrique da Silveira e já está na casa passando pelas comissões correspondentes.
O problema é que dentro de pouco tempo ele deverá ser votado, caso o líder do governo não retire da pauta. Se for para plenário para votação, é quase certo que todos os 40 deputados vão aprová-lo. Se não fizerem isso poderão ser engolidos pela oposição, que jogará a opinião pública contra aqueles que não o aprovarem, e como estamos às vésperas das eleições, ninguém vai querer arriscar.

PRESSÃO 2

Mas se esse projeto for aprovado, os empresários já deixaram bem claro que todas as contribuições de campanha serão canceladas para que se consiga pagar a diferença dos pisos salariais.
Ou seja, dificilmente contribuirão para a campanha de qualquer ocupante de cargo eletivo. Vale lembrar que o que mais recebeu verba da Acib em 2006 foi o deputado estadual Jean Kuhlmann (DEM).
Mas a constatação mais importante dessa conversa é que, se o projeto for aprovado neste ano, a partir do ano que vem, quando a lei entra em vigor, qualquer deputado estadual poderá fazer uma emenda para aumentar a porcentagem que lhe der na telha desse piso, o que pode gerar desemprego ao invés de renda para os trabalhadores.
As vezes, numa primeira olhada, uma lei parece que vai beneficiar o cidadão, quando na verdade pode gerar um problemão mais para frente.
E a lei 030 é uma delas. Do jeito que ta, seria melhor que o governo do estado pensasse melhor antes de colocar a sua bancada numa faca de dois gumes.
Correm o risco de entregarem a munição para a aposição bombardear o próprio governo através de uma lei que, mesmo já existindo nos estados do RS, PR, SP e RJ, ainda não mostrou um efeito prático de melhora da renda do cidadão.

BOI DE PIRANHA

Como o vereador Jovino Cardoso Neto (DEM), de Blumenau, não anda na mesma sintonia do prefeito João Paulo Kleinubing, do mesmo partido, deverá sar jogado aos leões nas eleições de 2010.
Jovino recebeu aprovação dos pastores da Assembléia de Deus aqui do estado para ser o candidato a deputado federal da região do Vale do Itajaí.
Com isso o vereador resolveu todos os problemas do DEM para 2010. Jovino não vai mais para o PP, teve seus ânimos acalmados dentro da sigla, impediu que Jean Kuhlmann reivindicasse a vaga e, como dificilmente deverá sair vencedor da disputa em 2010, segura o bastão de uma provável candidatura para deputado federal em 2014 do prefeito João Paulo, que dificilmente deverá fazer força para uma vitória de Jovino no ano que vem.
O prefeito encontrou alguém para cuidar da sua vaga até que seu mandato termine, em 2012.
E o mais espantoso é que, mesmo perdendo, Jovino não mais poderá reclamar que suas vontades não foram atendidas pela direção do DEM de Blumenau.
Isso é que é engenharia política eficaz.

CONCESSÃO DO ESGOTO

Ouvi de um vereador da base do governo do prefeito João Paulo Kleinubing (DEM) que nem mesmo eles sabem direito do que se trata o projeto de concessão do esgoto sanitário da cidade para a iniciativa privada.
Segundo ele, cobrou do prefeito para saber como será a defesa desse projeto na câmara, pois ele já está sendo analisado pelas comissões e daqui a pouco deverá ser votado no plenário.
A resposta foi que “temos que ver isso”, mas tudo ficou na mesma e as dúvidas para saber como o governo pretende votar essa matéria continuam.
O grande problema desse projeto é que ninguém quer explicar do porque dessa decisão e de como tudo irá ocorrer.
Para alguns vereadores, falta o Samae e o prefeito mostrarem de fato o que se pretende com essa manobra.

NÃO CRESCE

O PT de Santa Catarina está preocupado com o desempenho eleitoral da Senadora Ideli Salvatti aqui em Santa Catarina. Mesmo com todas as investidas do governo federal, liberando verbas para a reconstrução e a senadora capitalizando em todos os eventos, ela não consegue chegar aos 20% nas pesquisas para o governo do estado. Segundo pesquisas internas, Ideli estacionou nos 16% e não consegue passar disso, e olha que teve evento, até com a presença de ministros e do presidente Lula, onde a senadora teve a oportunidade de crescer.
Já se comenta que Ideli Salvatti pode novamente concorrer ao senado apoiando Ângela Amin (PP) para o governo do estado, que mesmo aparecendo menos, está a frente da petista nas pesquisas.
Para o PT, o grande monstro a ser batido em 2010, é o candidato da polialiança do governador Luiz Henrique da Silveira.
O problema é que até agora ninguém faz a menor idéia de quem seja.

COSTURANDO

E por falar em polialiança, o ex-senador Jorge Bornhausen (DEM) está dizendo por aí que conversou com José Serra (PSDB) para que o vice-governador Leonel Pavan assuma o governo do estado em 2010 e desista de ser candidato, com a promessa de ganhar um ministério caso Serra seja o vencedor.
Com isso deixaria o caminho livre para que Raimundo Colombo (DEM) fosse o candidato majoritário numa chapa que teria de vice Eduardo Pinho Moreira (PMDB), conseguindo com isso ajeitar todos os lados.
O problema é que estão oferecendo para Pavan uma coisa que ainda não existe e, como ele não é bobo nem nada, sabe que qualquer vacilo pode lhe custar a cabeça da chapa da tríplice aliança.
Luiz Henrique já disse que sai em 31 de dezembro de 2009 e deixa o caminho livre para Pavan. Alguns secretários também já informaram o governador que saem junto com ele no fim do ano.
Com isso, o DEM quer usar os espaços que provavelmente serão ocupados pelo PSDB como moeda de troca.
O problema para os Democratas é que esse acordo já tinha sido firmado em 2006, quando Pavan desistiu de ir para o Senado em Favor de Colombo.
Essa serás uma briga de cachorro grande.

DIVISÃO DAS BOLSAS DE ESTUDO

Em abril deste ano o vereador blumenauense Fábio Fiedler (DEM) pediu para a Furb, a Uniasselvi e para o Ibes, instituições de ensino superior de Blumenau, explicações de como eram feitas as distribuições das bolsas de estudo do artigo 170 para os alunos carentes.
Segundo ele, depois de saber como tudo isso acontece, a forma como hoje é feita a distribuição das bolsas nas instituições não é a forma mais justa e geralmente não contempla realmente aqueles alunos que precisam.
Fiedler promete, para esse segundo semestre de 2009, apresentar um projeto de lei na Câmara de Vereadores que corrija essa distorção.
Vamos esperar.

PARLAMENTO DO MERCOSUL

Você sabia que ao eleger um deputado federal você também pode estar elegendo um representante para o Parlasul, o Parlamento do Mercosul. Se o seu deputado for eleito e escolhido para ser o representante do Brasil no Mercosul, ele receberá em dobro todos os benefícios que um deputado já tem hoje. Ganha um gabinete com direito a secretária, telefone e todo o tipo de regalia, além, é claro, de mais um salário gordo para representar o país durante o seu mandato.
Enfim, pode se eleger para um cargo e ele terá a chance de levar dois.

CARA DE PAU

O Presidente Lula (PT) ta tão empenhado em salvar a pele do Senador José Sarney (PMDB) que mandou o Ministro José Múcio, das Relações Institucionais, dizer que não é a bancada do PT no Senado que está querendo a cabeça de Sarney, mas sim são apenas um ou dois senadores petistas que não estão em sintonia com o Palácio do Planalto.
Eles ainda pensam que somos bobos a ponto de não ver o que está acontecendo.

QUEM É O SARNEY

É o senador mais faltoso do primeiro semestre de 2009, onde deixou de comparecer por 17 vezes das 60 sessões ocorridas este ano sem dar nenhuma justificativa;
É o senador que atendeu a um capricho da neta, que pediu de presente a nomeação do namorado;
É o senador que levou os seguranças do Senado para fazer a guarda da sua casa em São Luiz, no Maranhão, por medo de represálias da população local;
É o senador que nomeou mais da metade dos 180 diretores que existiam no parlamento através de atos secretos;
É o senador que se beneficia do governo Lula, e hoje tem muitos dos seus nos cargos mais importantes do governo federal;
Enfim, poderia aqui ficar o dia inteiro escrevendo sobre o nobre senador, mas faltaria memória no meu computador e tempo de vida para dizer tudo que este homem já fez pelo povo brasileiro.
O pior de tudo é que nunca votei e não vou votar nele, mas sou obrigado a aturar gente desse tipo recebendo dinheiro público, lícita e ilicitamente, ano após ano.
Pobre de nós brasileiros!





Sérgio Eduardo de Oliveira – 28/07/2009

segunda-feira, 6 de julho de 2009

FÉRIAS

Durante todo o mês de julho estarei de férias, dando um tempo para recarregar as baterias para novos desafios a partir de agosto.
O Blog do NEURôNIO vai voltar mais revigorado e com mais informações para o seu leitor.
Desde já agradeço e até daqui a pouco.