segunda-feira, 31 de agosto de 2009

OS ESCOLHIDOS



Hoje, ao meio dia, acontece a reunião do DEM de Blumenau para escolher os dois candidatos a deputado federal, já que os deputados estaduais Jean Kuhlmann e Ismael dos Santos serão candidatos à reeleição.
E como já publiquei na semana passada, os escolhidos para concorrer a uma das cadeiras da Câmara dos Deputados serão os vereadores Jovino Cardoso Neto, por conta da Assembléia de Deus, e Marcelo Schrube, que é o favorito do prefeito João Paulo Kleinubing.
A reunião de hoje só servirá para referendar o que já foi decidido.

AS PONTES DO DEINFRA

Esta semana deve surgir novos acontecimentos sobre as pontes feitas pelo Deinfra em Blumenau. Há tempos elas vem sofrendo desconfiança sobre um suposto superfaturamento, onde até o engenheiro Arlon Tonolli diz ter ouvido do Secretário de Articulação Política, Edson Brunsfeld, que as obras estariam com valores maiores do que o normal. Até hoje nada foi comprovado e o Secretário Regional Paulo França continua dizendo na imprensa que as obras não estão superfaturadas.
Inclusive, prometeu no programa do radialista Armindo Vogue, da Rádio Blumenau AM 1260, que fará um relatório sobre todas as obras feitas pelo governo do estado na nossa região.
Eu ainda to esperando.

OS NOMES

Recebi do vereador Vanderlei de Oliveira mais uma parte da relação de nomes que foram candidatos a vereador em 2008 pela coligação que elegeu João Paulo Kleinubing e que hoje são funcionários comissionados da administração municipal.
Não que isso seja ilegal ou até imoral, mas temos que analisar se essas pessoas realmente têm competência e conhecimento para exercerem a função para qual foram designados.
Falo mais sobre o assunto amanhã.




Sérgio Eduardo de Oliveira – 31/08/2009

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

ELOGIOU ARMINDO VOGUE



Ontem, na sessão da Câmara de Blumenau, a vereadora Norma Dickmann (DEM) deu um belo exemplo de como se faz política e de como analisar uma situação adversa frente a um veículo de comunicação. Ontem de manhã o radialista Armindo Vogue, no seu programa matinal na Rádio Blumenau AM, fez uma enquête para saber quem era o melhor e o pior vereador para os seus ouvintes.
Norma Dickmann ganhou disparado como a pior vereadora, segundo os ouvintes que participaram. Mas, com uma atitude de quem mostra saber absorver as críticas, elogiou Armindo na tribuna pelo seu programa e pelo seu trabalho na Rádio Blumenau e só pediu pra que os participantes não levem suas opiniões pelo lado partidário, mas analisem o trabalho do vereador de uma forma isenta.
Confesso que estava na onde de pensar que a vereadora Norma era realmente uma representante que podia fazer mais pela comunidade, mas tenho que dar os parabéns pela atitude de uma pessoa que sabe reconhecer e receber críticas, diferente de muitos colegas de trabalho dela que se acham a última bolacha do pacote.
Espero que aprendam com a vereadora Norma.

LISTA NEGRA

O vereador Vanderlei de Oliveira (PT) elaborou uma lista com os 192 candidatos a vereador de Blumenau mais bem colocados na eleição de 2008. Destes, 15 são vereadores e 1 é Secretário Municipal (Mário Hildebrandt).
Dos 176 restantes, segundo o vereador, 78 são da coligação que elegeu o Prefeito João Paulo Kleinubing (DEM) e destes, 38 foram nomeados para algum cargo em comissão na Prefeitura de Blumenau.
Isso prova que apenas ser candidato e fazer um punhado de votos já pode servir de moeda de troca na hora de buscar uma vaga na Prefeitura.
Obviamente que isso não é uma particularidade do DEM, mas que a conta ta sendo alta, disso ninguém duvida.
E o pior é que eles contratam e a gente é quem paga.

DECIDIDO



O Democratas de Blumenau já escolheu seus candidatos a deputado estadual e federal para as eleições de 2010. Jean Kuhlmann e Ismael dos Santos serão os dois que vão concorrer a Assembléia Legislativa, por já serem detentores de mandato. Para a Câmara Federal, os nomes escolhidos foram de Jovino Cardoso Neto, que tem o apoio da Assembléia de Deus, e Marcelo Schrube que já ocupa am presidência da Juventude Estadual.
Ficaram de fora da disputa o vereador Fábio Fiedler, que desistiu em favor de Schrube, e o secretário de Ação Social, Mário Hildebrandt, que enviou e-mail para esse blogueiro dizendo ter sim representatividade no Vale do Itajaí.
Já os militantes do PDT receberam a notícia de que suplente de deputado estadual César Cim, presidente do partido em Blumenau, não deve disputar as próximas eleições por questões financeiras. Ele considera uma campanha para a disputa pelo cargo muita cara e diz não ter onde buscar sozinho toda a verba necessária.

O CORTE DE LULA

Dos cortes no orçamento das emendas dos parlamentares catarinenses, 4 destaco como de maior relevância para o Vale do Itajaí: a construção da ponte que liga a cidade de Itajaí ao município de Navegantes; Apoio a obras preventiva de desastres em SC; a adequação do trecho que liga a cidade de Timbó a BR 470 e também a 477 e a implantação do Anel Viário da cidade de Gaspar. Somadas, essas obras tinham um valor a receber de R$ 98.171.590,00, mas acabaram ficando com apenas R$ 12.384.550,00, ou seja, pouco mais de 12% do valor original.
Alguém tem alguma dúvida que os prefeitos terão que correr com o pires na mão para pedirem dinheiro para fazerem as obras emergenciais?
O vereador Fábio Fiedler (DEM) disse no seu pronunciamento de ontem, na Câmara de Blumenau, que esses cortes tem um porque. Segundo ele, é justamente para que os prefeitos acionem a Senadora Ideli Salvatti (PT) para que ela interceda junto ao governo federal e possa, mais tarde, se beneficiar politicamente com a liberação de verbas justamente em um ano eleitoral, onde a senadora pretende concorrer ao governo do estado.
Se isso for verdade, será uma bruta falta de consideração com a população brasileira.

CONVIDOU

Ontem o prefeito de Blumenau, João Paulo Kleinubing, esteve na Câmara de Vereadores para mostrar o projeto viário que pretende implantar na cidade de Blumenau. Depois da explanação, convidou os 15 vereadores para irem, no dia 22 de setembro, o dia mundial sem carro, até o prédio da prefeitura de bicicleta como forme de incentivar o blumenauense a usar mais esse meio de transporte.
Vendo a forma física de alguns vereadores, eu não acredito que todos vão topar essa idéia. Vão ter que chamar o Samu para acompanhar esse cortejo.

NÃO ENTENDO

Uma coisa eu ainda não entendi. O projeto do vereador blumenauense Napoleão Bernardes (PSDB), que obrigava os bancos a colocarem seguranças nos caixas eletrônicos não passou por entender-se que era inconstitucional.
Mas a Caixa Econômica obrigar os donos de casas lotéricas de todo o país a colocarem seguranças privados pode?
Isso não são dois pesos e duas medidas? Porque o banco, que teoricamente tem mais recursos, não pode ser obrigado a dar mais segurança para seus clientes e as casas lotéricas, que são tocadas por pequenos empresários, que já pagam uma conta absurda para se manterem, tem que assumir mais esse ônus?
Já não basta serem assaltados todos os dias por causa da falta de segurança pública oferecida pelo estado?
São muitas perguntas sem uma resposta que nos convença.

AO VIVO NA INTERNET

Desde o último dia 24 que a Câmara Municipal de Timbó já transmite, ao vivo, as sessões do legislativo através do site www.camaratimbo.com.br.
A iniciativa tem o objetivo de aproximar a Câmara da comunidade e manter a transparência dos trabalhos legislativos, segundo o presidente da casa, vereador Waldir Girardi (PP).
Além da sessão ao vivo, a população tem acesso às sessões anteriores. O sistema está sendo adotado por vários municípios no Brasil e espera-se que a população comece a participar mais das decisões na sua cidade.
Durante a transmissão, aproximadamente 30 internautas puderam conferir ao vivo a sessão, segundo dados da empresa Timbonet, responsável por hospedar o arquivo.
Para quem quiser acompanhar ao vivo as sessões, elas acontecem sempre às segundas-feiras a partir das 18 horas. Para quem mora em Timbó, também pode comparecer na própria Câmara para assistir as reuniões dos vereadores.
O povo tem que pensar que só há mudanças com a participação popular.



Sérgio Eduardo de Oliveira – 28/08/2009

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

PONTES DE BLUMENAU

Digo para os leitores do Blog do NEURôNIO que em breve teremos novidades no caso das pontes de Blumenau. Vale a pena esperar.

AMIN EM BLUMENAU 1



Ontem de meio dia tive a oportunidade de encontrar com o ex-governador Esperidião Amin, que passou por Blumenau apenas para uma conversa com esse blogueiro e alguns correligionários e amigos.
A pauta foi, como já era previsto, política estadual. Amin não fez grandes declarações, mas disse defender a escolha do candidato do PP para as eleições de 2010 até o fim de outubro, o que não acredita que aconteça.
Quem também apareceu foi o Secretário de Articulação Política de Blumenau, Edson Brunsfeld, que já garantiu que será candidato a deputado estadual pelo partido. Disse que se não for referendado pelo PP blumenauense, será pelo PP estadual, podendo assim apoiar qualquer candidato a deputado federal do seu partido.
Essa observação foi um recado direto para o deputado federal João Pizzolatti, que hoje comanda o partido na cidade.

AMIN EM BLUMENAU 2



Amin não quis falar muito sobre a sua candidatura, mas deixou entender que deve mesmo sair como o postulante a Câmara Federal.
“Do jeito que ta o Senado, prefiro ser chamado de ex-governador”, brincou.
Na análise de Amin, hoje a senadora Ideli Salvatti (PT) não tem chances de vitória para o governo estadual. Ele acredita que Ideli sucumbirá a vontade do governo federal, tentando novamente a vaga para o senado, deixando a brecha para uma possível aliança entre o PT e o PMDB, onde provavelmente teria a dupla Eduardo Pinho Moreira e Cláudio Vignatti como candidatos ao cargo do governador Luiz Henrique.
Com isso, Amin tem quase certeza que Luiz Henrique não cumpre a promessa de deixar a chave do cofre do estado nas mãos dos tucanos a partir de janeiro de 2010. Por conta dessas e de outras possibilidades é que aconselha o PP catarinense a esperar um pouquinho mais para definir seus candidatos ao governo e ao senado.
Depois da nossa conversa, Esperidião rumou para Rio do Sul, onde foi dar uma palestra da Unidavi.

PORTO DE ITAJAÍ

O Tribunal de Contas da União determinou que a Secretaria Especial de Portos adote o mais rápido possível as medidas cabíveis para o início das obras no Porto de Itajaí. Com isso, a Secretaria tem que fazer as correções e garantir os recursos para a aprovação dos projetos dessas obras.
A enchente de 2008 destruiu 500 metros de cais do Complexo Portuário do Rio Itajaí-Açu, incluindo dois berços de atracação de navios e sua retroárea, causando ainda o assoreamento do canal de acesso, fazendo com que apenas pequenas embarcações pudessem operar no local.
No seu parecer, o TCU também apontou as falhas dos contratos emergenciais feitos em caráter excepcional, como projeto básico deficiente e contratos firmados por tempo superior ao permitido por lei. Embora seja recomendável nova contratação emergencial, são possíveis as prorrogações dos contratos emergenciais em caráter excepcional. Caso a administração decida pela contratação de novas empresas, terá que evitar as falhas e inconsistências vistas nos contratos anteriores.
A assessoria do deputado federal João Pizzolatti (PP) enviou cópia de todos os documentos despachados pelo TCU sobre o caso.
Parabéns!

IRRITAÇÃO DE COLOMBO



Com relação ao parecer do TCU no caso do Porto de Itajaí, o Senador Raimundo Colombo (DEM) criticou o Presidente Lula (PT) por ter culpado o Tribunal de Contas da União pelo atraso nas obras do PAC. Segundo Colombo, apenas 0,2%, ou seja, apenas 5 obras do Plano de Aceleração do Crescimento estão paralisadas por indícios de irregularidades constatadas pelo órgão.
O senador também destacou que, em 2007, 80% das obras paralisadas pelo TCU aconteceram por problemas decorrentes do fluxo orçamentário financeiro da obra, ou seja, por culpa do governo, que pagou mais do que deveria.
“Quem tem 80% de culpa na paralisação das obras culpa quem tem 0,2% da responsabilidade pelas obras paralisadas”, destacou Colombo. Ele também acrescentou que a investigação do TCU possibilitou uma economia de R$ 6 bilhões no custo das obras averiguadas.
O senador afirmou que não pode aceitar a ação irresponsável do governo federal, que joga para o TCU a culpa de sua incompetência e da falta de resultados.

NOVO SECRETÁRIO



Hoje o Secretário de Articulação Política da PMB, Edson Brunsfeld (PP), assume interinamente a Secretaria de Defesa Civil. Ele vai acumular as duas funções, depois da saída do General Jairo César Nass, até que o Coronel Carlos Olímpio Menestrina, que já fez parte do governo Kleinubing como Presidente do Seterb, e que atualmente ocupa o cargo de diretor operacional do Corpo de Bombeiros de Blumenau, receba a liberação do Governo do Estado para assumir a função. Menestrina acumulará as duas funções, sendo que o cargo de secretário não terá ônus para o município.
O convite partiu do próprio Brunsfeld, com o aval de João Paulo Kleinubing, que lembraram do nome de Menestrina por conta do trabalho realizado na enchente de 2008.

OUVI DIZER

Por conta de alguns problemas políticos com o PMDB, comenta-se na Prefeitura de Blumenau que o prefeito João Paulo Kleinubing (DEM) só trata de assuntos políticos com os peemedebistas através do seu vice, Rufinus Seibt.
Segundo alguns membros ligados a administração municipal, João Paulo sequer recebe o presidente do PMDB, César Botelho.
Este não é visto com bons olhos por muitos que compõe a coligação que elegeu Kleinubing em 2008.
Na verdade, sabe-se há muito tempo que César Botelho , que é genro de Renato Vianna, não causa suspiros ma maioria do pessoal da imprensa local.
Contatos com ele, só por obrigação.
É o que dizem!

SEGURANÇA PÚBLICA 1

Ontem, no plenário da Assembléia Legislativa de SC, o deputado Joares Ponticelli (PP) disse que foi enviado para a Justiça Eleitoral cópia das informações divulgadas pela imprensa dando conta de que o secretário de Segurança Pública do Estado, Ronaldo Benedet (PMDB), estaria usando as solenidades de entrega de viaturas em todo o estado como campanha eleitoral, pois Benedet já avisou que é candidato em 2010, ou a deputado federal ou tentará a reeleição para a Assembléia de SC.
“Trata-se de campanha eleitoral antecipada e uso da máquina do estado”, alertou Ponticelli. Disse ainda que “se existem 36 secretarias regionais, por que o secretário tem de pessoalmente distribuir as viaturas? “.
Os números do Fórum Brasileiro da Segurança Pública, revelando que Santa Catarina foi o estado que teve a maior redução em investimentos nas ações de combate à criminalidade, reforçaram a indignação do deputado.
“O comparativo entre os anos de 2007 e 2008 mostra que o estado teve uma redução de 83,4%, a maior do Brasil. Também outro recorde negativo em termos de Brasil: aparece com o aumento de 12% no número de homicídios, superando outros estados como Goiás e o Rio Grande do Sul”, acrescentou.

SEGURANÇA PÚBLICA 2



Outro aspecto negativo, segundo Joares Ponticelli, foi a postura escandalosa do promotor de Justiça de Rio do Sul, Ernani Dutra, quando da visita da comissão especial de parlamentares para verificar as condições do novo presídio regional daquele município. A visita de inspeção foi motivada pelas denúncias, divulgadas amplamente pela imprensa, de que aquele presídio não tinha as mínimas condições de ser operacionalizado.
Para o deputado estadual, mesmo com todas essas evidências, o promotor Ernani Dutra adotou uma postura totalmente partidária em defesa do governo do PMDB, partido pelo qual ele concorreu a um cargo eletivo. A postura partidária do promotor foi tão explícita, conforme as declarações de Ponticelli, que chegou a acusá-lo de coisas inverídicas, como a de que o deputado teria participado da inauguração, em 2002, do presídio de São Pedro de Alcântara. “Uma deslavada mentira”, rebateu Ponticelli, que anunciou que irá recorrer à Corregedoria do Ministério Público e ao Conselho Nacional do Ministério Público, representando contra o promotor.

RECURSOS GARANTIDOS

Conforme divulgou a assessoria da Senadora Ideli Salvatti (PT), os recursos para viabilizar a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) estão assegurados. Apesar de parte do valor destinado à UFFS figurar na lista de cortes de emendas parlamentares no orçamento da União para Santa Catarina, sua implantação já estava prevista pelo ministério da Educação. Com isso a instituição não será afetada pela revisão orçamentária. As aulas na UFFS devem começar em março de 2010.
Ideli também apurou as razões do cancelamento dos R$ 50 milhões propostos pela bancada catarinense no Congresso para apoio a obras preventivas de desastres (equipamentos e serviços) no Estado. A justificativa da Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização é de que tal montante está incluído na Medida Provisória (MP) 448, editada em dezembro de 2008 para ajudar as vítimas e recuperar a infraestrutura atingida pelas enchentes ocorridas no mês anterior.

BAIXARIA NA TV

A Coordenação Executiva da campanha "Quem Financia a Baixaria é Contra a Cidadania" divulga hoje o 16º ranking da baixaria na TV, em audiência pública promovida pela Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados.
Do último ranking, divulgado em outubro de 2008, até o presente, foram recebidas 874 denúncias de telespectadores através do site da campanha (www.eticanatv.org.br) e do Disque Câmara (0800 619 619).
Apelo sexual, incitação à violência, apologia ao crime, desrespeito aos valores éticos da família e horário impróprio são as principais reclamações dos telespectadores que nortearam a elaboração do 16º Ranking da Baixaria na TV.Dentre os cinco programas mais denunciados, dois são reincidentes: o Super Pop, da RedeTV, que já havia figurado nos rankings de 2006 e 2008, e o Pânico na TV, da mesma emissora, que esteve presente no ranking de 2008.
O novo campeão de reclamações é o Jogo Aberto, programa esportivo da TV Bandeirantes, alvo de oitenta e oito denúncias fundamentadas e analisadas pelos membros que dão os pareceres da campanha.




Sérgio Eduardo de Oliveira – 27/08/2009

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

MENGARDA DISPARA CONTRA DÉCIO



No programa Passando a Limpo de ontem, da Rádio Blumenau, o professor Valdecir Mengarda, hoje no PMDB, afirmou que a candidatura dos partidos de esquerda, entre eles o PDT, PV, PSol e PTB, para a prefeitura de Blumenau nas eleições de 2008, teve interferências decisiva das executivas estadual e nacional para o desmanche de uma proposta alternativa em Blumenau.
Mengarda disse que os grandes responsáveis do desmanche desse movimento foram o presidente estadual do PDT, Manoel Dias, e do deputado e candidato do PT naquela ocasião, Décio Nery de Lima.
Do dia para a noite, segundo Mengarda, Amauri Cadore (PDT) passou de candidato do partido para vice de Décio.
Segundo ele, se esse grupo tivesse se mantido, eles teriam o tempo de televisão maior do que o PT e provavelmente estariam no segundo turno com o prefeito João Paulo Kleinubing (DEM).
Por conta de tudo isso, segundo o professor, Décio ágil rápido para desmanchar um grupo que tinha força política, mas não tinha dinheiro e nem o apoio das executivas estaduais.

CHAMA A POLÍCIA



Os deputados estaduais que integram a Comissão de segurança Pública da Assembléia vistoriaram o Presídio Regional de Rio do Sul. Segundo o relatório feito, há falta de água, ausência de comunicação via telefone e Internet, falta de mais guaritas de segurança, baixa visibilidade e mau posicionamento das guaritas existentes, não há tratamento de esgoto, não há muro de segurança e não conta com gerador próprio de energia.
O Presídio foi inaugurado no dia 25 de maio deste ano sem mesmo ter suas obras terminadas, mas mesmo assim está sendo utilizado pela Secretaria de Segurança Pública Estadual.
Já fugiram de lá dez detentos e outras tentativas de fuga já ocorreram. Nas celas com espaço para no máximo oito presos, já abrigam de 10 a 14 apenados.
Na minha opinião, a mesma justiça que prende o bandido, deve responsabilizar o governador Luiz Henrique (PMDB), o vice Leonel Pavan (PSDB) e principalmente o secretário de Segurança Pública do Estado, o senhor Ronaldo Benedet (PMDB), que autorizaram o uso dessa instituição sem ter a devida condição.
Esse tipo de irresponsabilidade administrativa deve ter punição, caso contrário corremos o risco de vermos, daqui para frente, coisa muito pior.
Só para lembrar, ano que vem tem eleição.

CORTES

O governo Lula anunciou ontem a tarde o corte de R$ 160,98 milhões dos R$ 302,050 milhões de emendas parlamentares para Santa Catarina. Segundo o deputado federal Paulo Bornhausen (DEM), o corte promovido pelo Governo nas emendas dos parlamentares catarinenses é superior a 50%. Ele considera "uma demonstração de descaso e de perseguição a Santa Catarina”.
Bornhausen cobrou do presidente Lula, da senadora Ideli e da bancada do PT de Santa Catarina uma explicação sobre o que está acontecendo, pois, segundo ele, "isso é o mínimo que se pode fazer por Santa Catarina”.
Mas essa notícia também não agradou nada a senadora Ideli Salvatti (PT), pois atinge em cheio a sua pré-candidatura ao governo do estado.
Ideli tem amargado muitas críticas por defender com unhas e dentes o governo Lula. Esse corte atingiu até mesmo a Universidade Federal da Fronteira do Sul, localizada em Chapecó, que foi aprovada pela Comissão de Educação do Senado e que irá à sanção do presidente da República.

CARTÃO PARA OS COMISSIONADOS

O suplente de vereador do PP, Aílton de Souza, que está na sua última semana de exercício, encaminhou uma proposta pra lá de polêmica. Ele apresentou, na tarde de ontem na Câmara de Blumenau, um projeto de lei que obriga os ocupantes de cargos em comissão, os chamados comissionados, a também baterem cartão como os demais funcionários públicos da cidade.
"Hoje temos cerca de 300 comissionados e cerca de 6 mil funcionários públicos que batem o cartão ponto. Essas pessoas devem ser valorizadas", justificou Ito.
Para ele, tal medida servirá para acabar com as críticas contra a administração municipal sobre comissionados que supostamente não estão no seu local de trabalho.
Mas o vereador disse também que, após ter concedido uma entrevista dizendo que iria apresentar o projeto, sofreu ameaças por telefone, o que não o impediu de levar adiante a proposta. Quanto à aprovação da matéria, mostrou-se otimista: "Há uns tempos os vereadores afirmaram não ter cargos comissionados no Executivo, por isso, não irão se opor".
Essa eu quero ver se realmente vai passar.

PINHO MOREIRA EM BRASÍLIA



Durante todo o dia de ontem o presidente estadual do PMDB, Eduardo Pinho Moreira, esteve em Brasília para tratar da aliança do seu partido com o PT. De manhã esteve com o presidente da Câmara, Michel Temer. Comenta-se que no período da tarde, Pinho Moreira passou pelos gabinetes dos petistas Cláudio Vignatti e Décio Lima e que também já teria agendado com a senadora Ideli Salvatti uma conversa na semana que vem.
A noite, ele se reuniu com os deputados federais e senador do PMDB catarinense para costurar a aliança que pode colocá-lo numa chapa com o PT em 2010. Temer também já manifestou seu interesse pela aliança com o PT. Quer a vaga de vice na chapa da ministra Dilma Rousseff.
Nessa engenharia de Eduardo, tem um problema chamado Luiz Henrique da Silveira.

INDECISÃO DE DALÍRIO

O presidente do Badesc, Dalírio Beber (PSDB), não tem tanta certeza se vai mesmo concorrer a uma vaga na Câmara Federal. O que mais assusta Dalírio é o custo da campanha. Segundo ele, para percorrer o estado necessitaria de no mínimo R$ 2 milhões. Também, segundo sua análise, precisaria arrancar com um bom número de votos aqui dentro de Blumenau, para completar o total com votos que buscaria fora.
O problema é que, mesmo com maior visibilidade, ele sabe que ainda não conseguiria obter a quantidade suficiente para garantir a vitória.
Com isso, o PSDB de Blumenau pode ter que estudar outro nome que estaria disposto a se aventurar nessa empreitada.

UTILIDADE PÚBLICA

A partir desta quinta-feira, a Farmácia Popular vai reabrir suas portas após ser totalmente reformada pela Prefeitura por conta da tragédia de 2008. São 100 tipos de medicamentos disponibilizados a preço de custo para a comunidade, bastando a pessoa apresentar a receita médica proveniente do SUS ou particular. A Farmácia Popular fica na rua Antônio da Veiga, 140, no Campus I da Universidade Regional de Blumenau (Furb), defronte à biblioteca. O horário de funcionamento será, das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira, sem intervalo para almoço, e nos sábados, das 8h às 12h. A Farmácia Popular conta com uma equipe de 7 pessoas para atendimento. O telefone para contato é 3222-3271.

ESTATUTO DA JUVENTUDE

A Câmara lançou ontem uma nova comunidade virtual para discutir o Estatuto da Juventude (Projeto de Lei 4529/04). A comunidade ficará hospedada no portal e-Democracia - www.edemocracia.camara.gov.br.
Por meio do site, é possível fazer comentários e sugestões nos fóruns temáticos, participar de salas de bate-papo, acessar os documentos e apresentar sugestões para texto do projeto de lei.
Para participar da nova comunidade, é preciso acessar o portal e-Democracia, cadastrar-se como usuário e clicar no ícone do Estatuto. Qualquer pessoa pode contribuir para o debate.
Todo o projeto será debatido no e-Democracia, segundo a relatora do Estatuto, deputada Manuela D'Ávila (PCdoB-RS). Os temas iniciais para debate incluem a capacitação para o trabalho, a obrigatoriedade ou não do ensino médio, os programas de planejamento familiar e de prevenção a doenças sexualmente transmissíveis e medidas que beneficiem a população jovem que cumpre alguma pena judicial.
Elaborado pela Comissão Especial da Juventude, instalada em 2003, o PL 4529/04 regulamenta os direitos das pessoas com idade entre 15 e 29 anos.
O Estatuto define como obrigações da família, da comunidade, da sociedade e do Poder Público assegurar aos jovens a efetivação de diversos direitos.
Então quem quiser, é só acessar e participar.




Sérgio Eduardo de Oliveira – 26/08/2009



terça-feira, 25 de agosto de 2009

FRASE DE PAVAN EM BLUMENAU


Segurança, saúde e educação; quem disser que isso não é prioridade, é demagogo.

DE SAÍDA



O deputado federal José Carlos Vieira (DEM) já avisou que vai trocar de partido. Não se conforma que o DEM de Joinville queira lançar mais que um candidato à Câmara Federal na região norte de SC. Segundo o deputado, o seu partido pode lançar até 4 candidatos, o que para ele é um absurdo e um suicídio eleitoral.
Por conta disso, Vieira deve mudar de casa para ter apoio integral de outra sigla, quando pretende concorrer à reeleição em 2010.
Ele já recebeu o convite do PPS, do PR, do PDT e mais recentemente do PP para ser o candidato a deputado federal.
Depois que José Carlos Vieira apoiou seu irmão nas eleições de 2008, que era candidato a vice-prefeito na chapa do peemedebista Mauro Mariani, deixando de apoiar o candidato do DEM, Darci de Matos, as relações ficaram estremecidas com a direção do partido.
O deputado federal promete divulgar até o fim da próxima semana a nova sigla que irá defender.

DERROTADOS



Esperidião Amin (PP) é visto, hoje, com a força política reduzida por conta das últimas três derrotas que sofreu para o PMDB em Santa Catarina. Mas quem também já não goza de muito prestígio no estado é o ex-deputado e ex-ministro da pesca, José Fritsch, quem também perdeu as três últimas eleições que disputou. Assim como Amin, Fritsch também perdeu duas vezes para o governador Luiz Henrique e perdeu em 2008 a corrida pela prefeitura de Chapecó.
Então ambos estão em pé de igualdade. A diferença é que Amin ainda tem fôlego para concorrer ao Senado, coisa que o petista já não possui mais.
Com a licença de Luci Choinaki do PT catarinense, Fritsch deve assumir o comando do partido em 2009 se todas as alas entrarem em acordo.

DAS CINZAS



Na inauguração do novo Procon, na última sexta-feira, não só aconteceram fatos pitorescos, como a apresentação da Presidente da Fundação Cultural, Marlene Schlindwein, ao diretor do Procon, Erivaldo Nunes.
José Ouriques (PTC), o Latinha, também ressurgiu das cinzas e foi bastante cumprimentado por todas as autoridades na solenidade de assinatura do projeto que dá poder de polícia ao Procon.
Comentou-se que ele iria aproveitar a ida até o Procon para reclamar dos 60 mil eleitores, que ele garantiu que votariam nele em 2008, mas acabaram escolhendo outro candidato.

ENTRE AMIGOS



Na solenidade em comemoração aos 10 anos da Câmara Mirim, na sexta-feira passada, o vereador Vanderlei de Oliveira (PT) se viu amparado por dois tucanos de carteirinha: Dalírio Beber e Giancarlo Tomelin. Não se sentiu nem um pouco constrangido, tendo conversado, como bom político que é, com todos naturalmente.
Aliás, o vereador Vanderlei é uma das figuras que merece respeito e muita admiração não só dos petistas, mas também de membros de outros partidos.
Na minha opinião, hoje é o mais preparado para uma eventual candidatura petista a sucessão de Kleinubing.

SAINDO NA FRENTE



No almoço que aconteceu na Casa do Comércio, na sexta-feira passada, com o vice-governador Leonel Pavan, representantes do CDL, Acib, Sindilojas, Prefeitura e membros do PSDB de Blumenau, o único órgão de imprensa que estava por lá era a Rádio Nereu Ramos, com seu coordenador de jornalismo Paulo César da Silva.
No mesmo dia conversei com o repórter Amauri Pereira, da Rádio Blumenau, e ele informou que nem sabia que o vice-governador estava na cidade e só entrevistou Pavan na solenidade dos dez anos da Câmara Mirim, na Câmara de Vereadores de Blumenau.

VAGA NO TCE

Com a saída de Gilson dos Santos do Tribunal de Contas do Estado, abre-se uma vaga naquele órgão para que o governador indique o substituto, já que essa vaga é de competência do executivo estadual.
Mas o governador Luiz Henrique já tem o nome do novo conselheiro. Será indicado o deputado estadual Júlio Garcia (DEM), que nos últimos oito anos tem ajudado o governador a costurar as alianças para as eleições e também tem comandado as ações do governo na Assembléia de SC.
Júlio Garcia goza de muito prestígio não só com o governador, mas também com as lideranças do PSDB, Leonel Pavan, do próprio DEM, o ex-senador Jorge Bornhausen e do senador Raimundo Colombo, e também de muitos peemedebistas que o vêem como uma liderança política muito forte.
Amanhã será publicado no Diário Oficial o desligamento de Gilson dos Santos, que está se aposentando, e a partir daí se iniciará todo o processo dentro da na Assembléia para referendar a escolha do governador.

SEGURANÇA PÚBLICA



Na conversa que Pavan teve com jornalistas do Jornal de Santa Catarina, ele anunciou que o governo do estado, através da Secretaria de Segurança Pública, já está estudando a compra de mais pistolas Taser, aquele que paralisa uma pessoa por 30 segundos através de uma descarga elétrica que, mesmo paralisante, não causa dano algum ao ser humano, para serem usadas por toda a polícia militar do estado. Tem-se como modelo a estratégia utilizada na França e no Canadá para o uso desses equipamentos.
Pavan também já estuda criar uma Central de Inteligência on line, a chamada Cidade Digital, que será implantada em Governador Celso Ramos, onde todas as polícias poderão ter informações e imagens de todo o estado de Santa Catarina, armazenados em um grande banco de dados.
Este projeto já está em fase de estudo e está sendo comandado pelo professor Paulo Luna, professor de computação da Furb, que também já está viabilizando a Internet gratuita para as cidades de baixa renda de SC.
A intenção de Pavan é deixar tudo pronto para que o próximo governador dê o ponta pé inicial para a criação desses serviços de inteligência para serem usados não somente pela segurança do estado, mas também por todos os departamentos do governo e também pelos municípios catarinense.

NOVO IML

Na semana passada, no gabinete do prefeito de Itajaí, Jandir Bellini (PP), aconteceu uma reunião para definir um novo local para instalação do Instituto Médico Legal (IML) da cidade. A reunião foi coordenada pelo secretário regional Gilberto Gadotti e o diretor geral da SDR, João Marcos Matos.
As duas opções são reformar um imóvel pertencente ao Estado ou construir um prédio para tornar o IML um local moderno e adequado às necessidades dos peritos.
Além do secretário regional, a comissão para a discussão do assunto é formada pelo deputado estadual Aderbal Deba Cabral (PMDB), vereadores Laudelino Lamim (PMDB) e Renato Ribas (PSDB), além do secretário municipal da Segurança, Carlos Ely, que ficará responsável por dar encaminhamento ao processo.

BAIXOU O IMPOSTO PARA IMPORTAÇÃO

Foi publicado no Diário Oficial da União que a Câmara de Comércio Exterior (MDIC) decidiu incluir 259 produtos no regime de ex-tarifários até o fim de 2010.
Ao serem incluídos na lista de ex-tarifários, os produtos terão alíquota do Imposto de Importação reduzida de até 18% para 2%. A medida vale para itens sem produção nacional. Segundo o MDIC, a concessão de ex-tarifários permite o crescimento da inovação tecnológica por parte de empresas de diferentes segmentos da economia e garante um nível de proteção à indústria nacional.
Dos 259 produtos incluídos, 239 são bens de capitais (máquinas e equipamentos) e 11 são sistemas integrados de bens de capital. Também foram incluídos oito sistemas integrados simples e um sistema integrado para bens de informática e telecomunicações.
O Ministério do Desenvolvimento informou que os investimentos globais, e aqueles relativos às importações de equipamentos, vinculados aos 259 novos ex-tarifários somam, respectivamente, US$ 5,61 bilhões e US$ 848 milhões.
Os principais setores contemplados para importação, segundo o Ministério do Desenvolvimento, são: geração de energia (53,86%), petroquímico (8,67%) e têxtil (7,17%). Quanto ao valor dos investimentos globais, os três principais setores beneficiados são: petróleo (34,84%), metalúrgico (30,34%), geração de energia (11,93%) e siderúrgico (9,02%).

QUEIXAS CONTRA CALL CENTER

Desde a última sexta-feira os consumidores de todo o Brasil já podem registrar sua insatisfação no Ministério da Justiça toda vez que não se sentir bem atendido por um call center.
Basta acessar a página na Internet do Ministério da Justiça, onde lá haverá um link SAC que irá receber a opinião da sociedade sobre esses serviços de atendimento ao consumidor.
Esse serviço, segundo a secretária de Direito Econômico, Mariana Tavares, não dará qualquer retorno ao consumidor por tratar-se apenas de um termômetro para que o governo meça o desempenho dos serviços e a satisfação dos usuários. Dependendo do número de reclamações contra um determinado segmento de call center, elas poderão gerar ações em defesa do consumidor.
O internauta terá que preencher formulário com seu nome, número do CPF e do serviço de call center para o qual ligou. Além do portal do Ministério da Justiça, o link estará disponível nas páginas eletrônicas de instituições como Procons estaduais e municipais e ministérios públicos.
Para os que quiserem conferir, é só acessar http://www.mj.gov.br.



Sérgio Eduardo de Oliveira – 25/08/2009

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

REFLAXÃO

Hoje não vou postar nenhuma notícia, nenhum comentário, nenhum fato que ocorreu na política local, estadual ou nacional.
Hoje preferi postar um poema de Rui Barbosa e Cleide Canto que, mesmo feito há muito tempo atrás, mostra o quanto somos enganados por gente que se diz milagreiro, mágico e salvador da pátria.

SINTO VERGONHA DE MIM

Sinto vergonha de mim
por ter sido educadora de parte desse povo,
por ter batalhado sempre pela justiça,
por compactuar com a honestidade,
por primar pela verdade
e por ver este povo já chamado varonil
enveredar pelo caminho da desonra.

Sinto vergonha de mim
por ter feito parte de uma era
que lutou pela democracia,
pela liberdade de ser
e ter que entregar aos meus filhos,
simples e abominavelmente,
a derrota das virtudes pelos vícios,
a ausência da sensatez
no julgamento da verdade,
a negligência com a família,
célula-mater da sociedade,
a demasiada preocupação
com o "eu" feliz a qualquer custo,
buscando a tal "felicidade"
em caminhos eivados de desrespeito
para com o seu próximo.

Tenho vergonha de mim
pela passividade em ouvir,
sem despejar meu verbo,
a tantas desculpas ditadas
pelo orgulho e vaidade,
a tanta falta de humildade
para reconhecer um erro cometido,
a tantos "floreios" para justificar
atos criminosos,
a tanta relutância
em esquecer a antiga posição
de sempre "contestar",
voltar atrás
e mudar o futuro.

Tenho vergonha de mim
pois faço parte de um povo que não reconheço,
enveredando por caminhos
que não quero percorrer...

Tenho vergonha da minha impotência,
da minha falta de garra,
das minhas desilusões
e do meu cansaço.
Não tenho para onde ir
pois amo este meu chão,
vibro ao ouvir meu Hino
e jamais usei a minha Bandeira
para enxugar o meu suor
ou enrolar meu corpo
na pecaminosa manifestação de nacionalidade.

Ao lado da vergonha de mim,
tenho tanta pena de ti,
povo brasileiro!
“De tanto ver triunfar as nulidades,
de tanto ver prosperar a desonra,
de tanto ver crescer a injustiça,
de tanto ver agigantarem-se os poderes
nas mãos dos maus,
o homem chega a desanimar da virtude,
a rir-se da honra,
a ter vergonha de ser honesto".




Sérgio Eduardo de Oliveira – 24/08/2009

sábado, 22 de agosto de 2009

CONVOCAÇÃO

O professor Alexandre Gonçalves, que também escreve o blog Informe Blumenau, enviou e-mail para alunos do curso de jornalismo do Ibes Sociesc com a seguinte informação:
“Caros alunos, na segunda-feira o presidente do STJ Gilmar Mendes (o homem que carimbou a desregulamentação da nossa profissão) estará em Florianópolis. O Sindicato dos jornalistas está articulando uma manifestação e precisa da participação dos estudantes de Blumenau. Estuda-se o fretamento de uma Van. Deve sair por volta das 17 horas. Quem tiver vontade e disponibilidade pode procurar o Formiga, representante do sindicato. O e-mail dele é o formiga@furb.br”.
Então, se algum jornalista quiser participar dessa manifestação, é só enviar e-mail para o endereço do Aristeu Formigo.

DIPLOMA DE JORNALISTA



A exigência do diploma universitário para o exercício da profissão de jornalista será debatida na próxima quinta-feira, dia 27, em audiência pública conjunta das comissões de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática e de Educação e Cultura.
O debate será realizado por iniciativa da deputada Professora Raquel Teixeira (PSDB-GO), que teve seus requerimentos de audiência pública subscrito por vários deputados nas duas comissões.
Além da discussão sobre a necessidade ou não de regulamentar a profissão de jornalista, a audiência também pretende avaliar as consequências da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que dispensou o diploma de curso superior de jornalismo para o exercício profissional na área.
"Há posicionamentos divergentes entre os diversos segmentos da nossa sociedade quanto à conveniência desse diploma. Por isso, julgo importante que se possa debater a exigência ou não de graduação para o exercício dessa profissão de grande relevância. Creio que chegaremos a uma decisão satisfatória para os profissionais, para os meios de comunicação e para a sociedade brasileira", argumentou Raquel Teixeira no seu requerimento.

MUITO PRAZER



Depois da assinatura do projeto que dá poder de polícia ao Procon, ontem à tarde na nova sede do órgão, acontece uma cena bastante inusitada. Enquanto o diretor do Procon, Erivaldo Nunes, mostrava as novas dependências para o vice-governador Leonel Pavan (PSDB), a presidente da Fundação Cultural de Blumenau, Marlene Schlindwein, se aproximou e disse a Erivaldo: “Prazer seu Erivaldo, eu sou a Presidente da Fundação Cultural”.
Todos que estavam próximos levaram um baita susto por conta de duas pessoas que fazem parte do mesmo governo a sete meses ainda não terem se encontrado pessoalmente.
Um dos dois não tem comparecido as reuniões do colegiado!

VISTORIA NA BR 101 SUL



A senadora Ideli Salvatti e o deputado federal Cláudio Vignatti, ambos do PT, farão parte da comitiva que fará a vistoria nas obras do trecho sul da duplicação BR-101, em Santa Catarina. Uma caravana coordenada pelo diretor-geral do DNIT/Brasília, Luiz Antonio Pagot, vai sair de Florianópolis, na próxima segunda-feira, às 7h, em frente a superintendência regional do DNIT na Capital para percorrer todo o trecho da duplicação.
A viagem, que será feita de ônibus, também contará com a presença de outros políticos catarinenses, membros do governo do estado e gerentes dos contratos de cada um dos nove lotes de pista e cinco de obras-de-arte. Estão programadas sete paradas, a partir de Palhoça até Passo de Torres.
Engenheiros das empreiteiras e técnicos do DNIT, que devem explicar o andamento das obras em cada um dos trechos visitados, também vão fazer parte do grupo.
Tomara que a coisa ande de uma vez por todas. É um descaso com o povo do sul do estado.

PAVAN E O PORTO



Ontem à tarde o vice-governador esteve em Blumenau, e um dos locais visitados foi o Jornal de Santa Catarina. Lá, numa conversa bastante descontraída, Pavan disse que o problema do Porto de Itajaí está numa falta de entendimento se deve ou não ter a licitação por conta do aumento da obra.
Pavan vai estar terça-feira em Brasília para acompanhar de perto a decisão do TCU, onde será decidido se será ou não necessário fazer-se uma nova licitação para a conclusão das obras. Se essa decisão não sair na terça, quem vai estar em Brasília na quarta-feira é o governador Luiz Henrique. Ambos entendem que deve-se fazer pressão para que essa pendenga seja decidida o mais rápido possível.
Pavan também fez questão de esclarecer que, mesmo que o Exército venha fazer a obra, terá que ser feita uma nova licitação para aquilo que o Exército não poderá fazer.
Portanto, a solução mais rápida para esse caso é o TCU decidir que não seja necessária uma nova licitação para o término da obra.
Agora, se decidirem pela licitação, toda a região poderá será afetada, econômica e politicamente. Todos vão usar o atraso das obras como artilharia.

ANÁLISE

Pavan fez uma análise bastante fria sobre o caminho que o PMDB pode tomar nacionalmente. Segundo o vice-governador, se o PMDB fechar com o PT, metade ficará com Serra. Agora se fecharem com os tucanos para presidente, uma parte dos peemedebistas, leia-se alguns deputados federais e senadores da base do governo Lula, com certeza vão estar do lado de Dilma Roussef (PT).
Já aqui no estado, Pavan fez questão de afirmar que o PMDB é sim visto pelos tucanos e Democratas como um aliado. Tanto Luiz Henrique, quanto Pavan e Jorge Bornhausen farão de tudo para manterem a tríplice aliança.
Para o vice-governador, se os três saíres juntos, a eleição será de morro abaixo. Se saírem separados, a eleição será de morro acima, ou seja, bastante difícil e muito disputada.
“O PMDB não é problema, é solução”, finalizou.

O PSDB

Leonel Pavan disse também que, assim que assumir o governo do estado em 2010, vai deixar a presidência do PSDB catarinense. Segundo ele, precisa se dedicar integralmente às ações do governo e dar continuidade a todo o planejamento feito até aqui.
Deixou bem claro que a intenção do partido é ter sim um candidato em 2010, mas não vai ser intransigente nas discussões de quem será o candidato da tríplice aliança.
Segundo ele, os critérios para a escolha do cabeça de chapa deverão ser visibilidade, poder de aglutinação e resultado das pesquisas.
Assumindo o governo em 2010, Pavan sai na frente pelo menos no quesito visibilidade.
Vai ser difícil aparecer mais que ele no comando de Santa Catarina.

NOVA CPMF

O governo Lula pretende ressuscitar a CPMF, lembram, aquele imposto sobre todas as movimentações financeiras. O senado, quem diria, sepultou a “contribuição” no final de 2007, mas o governo federal tenta, mais uma vez, usá-la como desculpa para a falta de verba na saúde.
A nova CPMF tiraria do brasileiro 0,1% de todas as movimentações e, segundo o governo, será usada para o ataque a epidemia da nova gripe H1N1.
Todos os especialistas em economia desaprovam essa medida, ainda mais que a arrecadação vem diminuindo por conta da crise financeira. E como a arrecadação está caindo, o poder de compra do brasileiro também diminuiu e não seria bom tirar mais dinheiro do bolso do trabalhador para cobrir o rombo do governo.
Segundo os especialistas, o governo é quem deve gastar menos e se planejar melhor, pois não adianta colocar mais dinheiro bom em uma saúde que não tem nenhum planejamento estratégico.
Ou seja, a saúde nesse país está falida e o governo quer jogar mais dinheiro nesse buraco sem fim.
Assim não da!

INCENTIVO

A Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados aprovou na última quarta-feira o projeto de lei que concede crédito rural diferenciado para profissionais universitários na área da agricultura e pecuária. De acordo com o autor da proposta, deputado Valdir Colatto (PMDB), o apoio aos empreendimentos agropecuários tem por objetivo desencadear iniciativas que gerem o desenvolvimento rural.
“Com esta iniciativa, pretende-se apoiar os profissionais que atuam diretamente na condução de empreendimentos agropecuários e incorporá-los no esforço de multiplicação dos conhecimentos no meio rural. Também pretende-se ampliar a capacidade de ação de entidades oficiais de extensão rural, que teriam mais bases físicas para ministrar orientação aos agricultores”, justifica Colatto.
O relator do projeto, deputado Benedito de Lira (PP-AL), também acatou sugestão do deputado Assis do Couto (PT-PR) para estender a concessão de crédito para técnicos de nível médio. O projeto será apreciado pela Comissão de Finanças e Tributação.




Na semana que vem conto mais particularidades da visita de Leonel Pavan em Blumenau. Alguns planos do governo do estado para a Segurança Pública já estão sendo tratados e poderão ser colocados em prática a partir de 2010.
Falarei mais na próxima semana.
Um bom descanso para todos e até segunda-feira.




Sérgio Eduardo de Oliveira – 22/08/2009

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

IMPORTÂNCIA

Plagiando o meu amigo Amauri Pereira, da Rádio Blumenau AM, ouvi de uma raposa felpuda que o Blog do NEURôNIO está começando a causar furor na classe política de Blumenau, em especial na Câmara de Vereadores, a ponto de fazer com que o diretor do legislativo, César Botelho, convocasse uma reunião para discutir o que eu escrevi aqui tempos atrás.
Provavelmente por conta de uma nota onde critiquei a postura de alguns correligionários, mas mesmo assim me sinto muito envaidecido por estar sendo levado a sério no trabalho que faço como blogueiro e, quem sabe, como formador de opinião.
Mas quero esclarecer que, independente da empresa ou do político que venha a prestar assessoria como homem de comunicação que sou, o que eu escrevo no blog nada tem a ver com o que eles pensam ou dizem.
O Blog do NEURôNIO nunca vai entrar como ferramenta de trabalho para qualquer assessoria que eu faça ou venha a fazer no futuro.
Então, depois desse esclarecimento, quero agradecer a classe política pela importância que dão às minhas opiniões e também aos leitores que fazem do Blog do NEURôNIO um canal de informação diária.
Muito obrigado!

UM AMIN NA MAJORITÁRIA



Depois que o PP estadual anunciou que a escolha do candidato ao governo pode ser através de prévias, conversei com Esperidião Amin para saber se a sua esposa, Ângela Amin, é ou não pré-candidata à vaga. Primeiro que, segundo Esperidião, o PP tem a obrigação de oferecer uma proposta de mudança em SC. Segundo que o partido pretende chegar a um critério para essa escolha e intenção de voto, rejeição e capacidade de aglutinar apoios, no 1º e 2º turnos, são fatores importantes.
Amin questiona que, se o PMDB fechar com o PT nacionalmente, a tríplice aliança irá resistir, seria mantida?
Enfim, Esperidião afirmou que se Ângela for candidata do partido, ele não sairá para o senado, pois na visão dele, dois Amins na majoritária seria inadequado e possivelmente sairia candidato a deputado federal.
Mas se a Dona Ângela, como ele mesmo a chama, tentar a reeleição, ele se colocou a disposição do partido para ser o candidato ao senado.
Apesar das últimas derrotas, Amin ainda é, hoje, o nome mais forte para bater de frente com Luiz Henrique.

NAATZ NO COMANDO DO PV

Conversei também com o advogado Ivan Naatz sobre o futuro do PV em Santa Catarina. Segundo ele, os presidentes municipais do PV do estado, por unanimidade, pediram o afastamento de Gerson Basso do comando da sigla.
O clima dele, Gerson Basso, já não era bom, e quando ele assumiu a Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Florianópolis, levantando a mão do prefeito Dário e dizendo que "ele seria o novo governador do Estado", o caldo entronou de vez, explicou Naatz.
E como a política ambiental do PMDB (leia-se Código Ambiental de SC) afronta os princípios do PV, Ivan Naatz não vê motivos para que seu partido se aproxime do PMDB. Segundo ele, qualquer aproximação com os peemedebistas seria no mínimo "constrangedor" para a legenda.
No dia 11 de agosto, em Gaspar, os presidentes municipais referendaram o nome do empresário Cláudio Fischer e do suplente de deputado estadual Ivan Naatz para assumirem os destinos do PV em SC, na condição de presidente e vice respectivamente.
Formou-se, então, uma nova executiva estadual que foi remetida para Brasília e que agora aguarda a nomeação da executiva nacional, coisa que deve acontecer nos próximos dias.
Então se espera que, depois da confirmação da nova diretoria, o PV catarinense possa dar um suporte firme para a provável candidata a presidente Marina Silva, coisa que ainda não tem condição.

TRÊS PROJETOS



Depois que publiquei a nota que informava que o projeto de lei, que proíbe o fumo em lugares fechados, de autoria do deputado Giancarlo Tomelin (PSDB), estava parado na CCJ da Assembléia, recebi um e-mail da assessoria do deputado Jean Kuhlmann (DEM) fazendo algumas correções. Segue abaixo o texto na íntegra.

“Acho muito importante a aprovação do projeto contra fumo, mas quero esclarecer que na verdade o deputado Tomelin foi o terceiro a apresentar a idéia. O primeiro foi o deputado Antônio Aguiar (PMDB), em 2005. O segundo foi o deputado Jean Kuhlmann (DEM), que entrou com o projeto 271/2008, prevendo o fim dos "fumódromos" e por último, o deputado Tomelin (PSDB), com o projeto 273/2008. Como prevê o regimento da Casa, os três projetos, por tratarem de assuntos semelhantes, foram apensados e deverão ser substituídos por uma emenda substitutiva e ainda não foram aprovados pela Comissão de Constituição e Justiça”.

REAÇÃO 1



O Senador Flávio Arns (PT-PR) disse estar envergonhado por ser filiado ao Partido dos trabalhadores. Para ele, o PT rasgou a sua principal bandeira, que era a ética, depois de ter votado favorável ao arquivamento das denúncias contra José Sarney (PMDB-AP).
“O PT tem de buscar outra bandeira, porque a ética deixou de existir, foi jogada no lixo”, disse Arns.
O Senador petista também criticou a nota divulgada por Ricardo Berzoini, presidente nacional do PT, que pediu para que os membros do PT no Conselho de Ética do Senado votassem pelo arquivamento das denúncias.
Na nota, Berzoini diz que a crise pela qual passa a instituição, neste caso o Senado, é fruto da disputa sobre a eleição do ano que vem e isenta Sarney de responsabilidades.

REAÇÃO 2

“Eu me envergonho de estar no PT, com esse direcionamento que o partido está fazendo. Quero dizer isso de maneira muito clara para todos os meus eleitores. Houve um equívoco. Quando entrei no partido, achava que bandeiras eram pra valer, não eram de mentira”. Esse é mais um trecho do discurso do senador Flávio Arns (PT-PR) sobre o seu partido.
Logo depois de falar durante a reunião do conselho, Arns deu entrevista à imprensa admitindo que possa até deixar o partido. Ele disse, no entanto, que espera fazer isso com o reconhecimento da Justiça, uma vez que, a seu ver, o PT teria se afastado de seus princípios.

TUCANO CRITICA IDELI

O deputado estadual Giancarlo Tomelin (PSDB) criticou de forma incisiva, no seu pronunciamento de quarta-feira na Assembléia, a postura da senadora Ideli Salvatti (PT), que votou pela absolvição de Sarney. “O que aconteceu no Senado envergonha o país e a classe política. A ética jogada de lado com o apoio da senadora Ideli. Mais uma vez ela se posicionou ao lado de figuras como Sarney, Fernando Collor de Mello (PTB-AL) e Renan Calheiros (PMDB-AL)”, afirmou. Tomelin disse ainda que a população poderá dar uma resposta nas eleições de 2010.
Depois das críticas de Tomelin, o também deputado estadual Décio Góes (PT) subiu na tribuna para retrucar. “Querem paralisar o país com esta crise do Senado. O que acontece lá é um problema estrutural, que não se resolve com a troca de comando, como ficou evidente com as saídas de seus últimos quatro presidentes. O Senado tem 15 mil funcionários e consome milhões de reais a cada ano. É preciso uma profunda mudança para que se corrijam estes absurdos”, argumentou.
Já o deputado Dirceu Dresch, também do PT, fez a seguinte pergunta: “Será que de fato precisa existir um Senado Federal?”.
O povo que responda nas urnas!

PINTURA


Quero reforçar aqui o pedido que a vereadora Norma Dickmann (DEM) fez ontem na tribuna da Câmara de Vereadores de Blumenau, onde ela solicita a pintura da divisão de vagas para estacionamento em todas as vagas da área azul, em Blumenau.
Em espaços onde cabem 4 veículos, tem gente que estaciona no meio de duas vagas, impedindo o melhor aproveitamento do espaço e diminuindo o número de vagas naquela via.
Uma simples pintura no chão pode resolver esse problema, fazendo com que também os guardas de trânsito possam chamar a atenção de motoristas que não sabem dividir os espaços públicos com os outros motoristas.
Parabéns vereadora.

MARINA SILVA



Depois que a ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva divulgou sua saída do PT, rumando para o PV para ser a candidata do partido a presidência da república, o cantor e também ex-ministro da Cultura, Gilberto Gil, já afirmou que pode aceitar ser o vice de Marina se for convidado.
"Uai, claro que existe possibilidade de dizer sim. Existe possibilidade de dizer não, existe possibilidade de tudo. Mas só quero dizer a ela, se ela me convidar", disse Gilberto Gil durante aula magna aos alunos da Universidade Estácio de Sá, no Rio de Janeiro.

PISO SALARIAL

Em virtude de um pedido de vista do deputado Kennedy Nunes (PP), o parecer do Projeto de Lei Complementar que institui o salário mínimo regional para Santa Catarina, ficou para ser votado na reunião da Comissão de Finanças e Tributação da próxima quarta-feira.
Ele ainda vai passar por outras comissões na Assembléia de SC para somente mais tarde ir a plenário para ser aprovado, ou não, pelos deputados estaduais.
Na sessão da manhã de ontem, o clima estava pesado na Assembléia. Todos os 40 deputados estão com a espada sobre suas cabeças, pois se aprovarem esse projeto de lei, ficam mal vistos pelos empresários, que sempre ajudam financeiramente nas campanhas. Mas se não aprovarem, perdem prestígio com o eleitor.



Sérgio Eduardo de Oliveira – 21/08/2009

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

DEU CERTO

Todos os protestos contra a concessão do sistema de esgoto sanitário de Blumenau para uma empresa privada parece ter dado resultado. Jaime Avendano, Diretor de Imprensa da Prefeitura, enviou o seguinte comunicado:
A comissão especial encarregada do processo de concessão da coleta e tratamento do esgoto sanitário de Blumenau suspendeu temporariamente a licitação, após os pedidos de esclarecimento de algumas empresas interessadas na concorrência. Com a decisão fica adiada a abertura das propostas, que estava marcada para o dia 24 deste mês, e todos os demais prazos ficam suspensos. Hoje, dia 19, às 17h, o presidente da comissão especial, Rubem Quirino, e o diretor-presidente do Samae, Luiz Ayr, se reúnem na Prefeitura para avaliar os procedimentos que serão adotados durante o período de suspensão do processo de licitação. Após a reunião haverá atendimento à imprensa”.

FOGO AMIGO



Ontem, na Assembléia Legislativa de SC, o deputado Joares Ponticelli (PP) fez um discurso inflamado e várias denúncias contra o secretário de Segurança Pública de SC, Ronaldo Benedet (PMDB). O fato marcante ficou por conta do deputado estadual José Natal (PSDB), vice-líder do governo Luiz Henrique no legislativo, em apoiar o discurso de Ponticelli, dizendo sim estar havendo uma politicagem naquela secretaria e que a segurança pública em Santa Catarina é uma vergonha.
Natal tem sua base eleitoral no município de São José, na grande Florianópolis, e disse que sequer foi informado da entrega de viaturas para a polícia na sua cidade.
Já Ponticelli disse que, daqui a pouco, na porta das viaturas da policia civil e militar de SC, vão estar os números do candidato Ronaldo Benedet e dos candidatos a majoritária do PMDB.

CASO MOEDA VERDE

Hoje é o dia em que a 4ª regional, sediada em Porto Alegre, do Tribunal Regional Federal vai, enfim, definir que caminho vai tomar o inquérito da Operação Moeda Verde, deflagrado pela Polícia Federal em Florianópolis.
O escândalo ocorreu em 2007 e 53 pessoas, entre políticos, funcionários públicos e empresários do ramo imobiliário, estão envolvidos no suposto esquema de favorecimento para a construção de imóveis de luxo e shopping centers em ares de preservação.
Segundo o inquérito, os envolvidos estão sendo acusados de cometerem crimes contra o meio ambiente, formação de quadrilha, falsidade ideológica, corrupção passiva, prevaricação, advocacia administrativa, tráfico de influência e corrupção ativa.
Comentam nos corredores do Fórum da capital que esse inquérito poderá ser desmembrado e mais da metade dele ser devolvido para a Justiça Federal, em Florianópolis, para que toda a investigação seja feita novamente.
É a justiça dando uma sobrevida para os acusados.

SAIA JUSTA



A Senadora Ideli Salvatti (PT), mesmo sendo suplente, teve que votar no Conselho de Ética do Senado para a admissibilidade ou não das denúncias contra o Senador José Sarney (PMDB). E o voto de Ideli e também dos petistas que fazem parte da comissão foram favoráveis ao arquivamento do processo de investigação das denúncias contra Sarney.
Desde o início, o presidente Lula tem trabalhado para salvar a pele de Sarney e, mais uma vez, o PT trabalhou junto com o presidente para o arquivamento.
Agora Ideli, como pré-candidata ao governo de Santa Catarina pelo PT, pode ter sua imagem arranhada e ter que se explicar o porque de ter tomada essa decisão, já que todo o Brasil quer explicações sobre todas as denúncias contra o presidente do Senado.

DEPUTADO TOMELIN 1

Na terça-feira, o projeto de lei do Deputado Giancarlo Tomelin (PSDB), que proíbe fumar em lugares fechados, assim como já acontece em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça da Assembléia Legislativa de SC, mas quando se imaginava que o projeto ira andar, recebeu mais um pedido de vistas.
Até a sua votação, sabe-se lá quando, a população vai ter que se acostumar com a fumaça de cigarros, charutos e cigarrilhas, mesmo aqueles que não fumam.

DEPUTADO TOMELIN 2



O deputado Tomelin não achou justa a crítica feita pelo também deputado estadual Reno Caramori (PP) contra o secretário de saúde de SC, Dado Cherem. Segundo Reno, o secretário estaria passeando pelo estado por conta da gripe A, o que na visão dele é desnecessário em virtude da existência das Secretarias Regionais.
Tomelin lembra que esse é um momento ímpar e o secretário deve sim participar de todas as ações feitas para o controle desse problema em Santa Catarina, principalmente nas regiões mais atingidas pelo vírus, como no oeste e sul catarinense.
Na verdade, o alvo principal de Reno não era o secretário, mas sim as Regionais que, segundo ele, são apenas cabides de emprego.

DISCURSO COMBINADO

E por falar em Secretarias Regionais, o PP catarinense já definiu seu alvo nesse momento. Os pepistas Joares Ponticelli, Reno Caramori, Sílvio Dreveck e Esperidião Amin já começaram a relembrar algumas frases do governador Luiz Henrique da Silveira (PMDB) quando da implantação dessas regionais no início do seu primeiro mandato. Todos têm a mesma opinião: “essas Secretarias Regionais não passam de cabides de emprego para os amigos do governador e para os futuros candidatos do PMDB”.
Querem cortar o mal pela raiz.

A ESPERA DE UM MILAGRE

Na terça-feira estive na Assembléia de SC, em Florianópolis, e ouvi o Sr. João José dos Santos, Superintendente do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes em Santa Catarina) informar que o cronograma dos trabalhos para a realização da duplicação da BR 470 estão atrasados.
O estudo de impacto ambiental e o relatório de impacto do meio ambiente, que deveriam ter sido entregues no dia 31 de julho, foram prometidos, junto com o novo cronograma da obra, para o fim de agosto.
Se todos os prazos colocados pelo DNIT fossem cumpridos, a duplicação da BR 470 estaria concluída no dia 30 de dezembro de 2011.
Para o deputado Jean Kuhlmann (DEM), "ninguém precisava prometer nada, mas já que o DNIT divulgou um cronograma, queremos que ele seja respeitado".

NAÇÕES UNIDAS EM FLORIANÓPOLIS

O Governo brasileiro, com apoio do Escritório das Nações Unidas para Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA), organizará a 2ª Reunião Regional de Mecanismos Internacionais de Assistência Humanitária, que irá acontecer entre os dias 2 e 4 de setembro no Costão do Santinho, em Florianópolis.
A Segunda Reunião acontecerá em meio aos crescentes desafios e oportunidades relacionadas à assistência humanitária internacional na América Latina e no Caribe e dará prosseguimento à Primeira Reunião, realizada no México em setembro de 2008. O objetivo dessa reunião é discutir a coordenação de possíveis mecanismos para redução de risco de desastres e prestação eficiente de assistência humanitária em âmbito regional.
Mais informações pelo site www.humnitaria.mre.gov.br.

DINHEIRO PARA A PALESTINA

A CCJ da Câmara dos Deputados aprovou na terça-feira o Projeto de Lei do Executivo, que autoriza o governo brasileiro a doar até R$ 25 milhões à Autoridade Nacional Palestina para a reconstrução da Faixa de Gaza.
O relator Paulo Maluf (PP-SP) recomendou a aprovação da proposta. O projeto, que tramita em caráter conclusivo, já havia sido aprovado pelas comissões de Relações Exteriores e de Defesa Nacional e de Finanças e Tributação. Se não houver recurso para garantir a sua análise no Plenário da Câmara, ele seguirá diretamente para o Senado.
O deputado Marcelo Itagiba (PMDB-RJ) apresentou voto em separado contra o projeto, alegando que o Brasil não tem dinheiro para doar à Palestina. Segundo ele, a providência adotada pelo governo, de cancelar R$ 25 milhões destinados à construção de um anexo ao Palácio do Itamaraty para viabilizar a doação, é inconstitucional."A abertura dos créditos suplementares e especiais é possível, sim, mas exige recursos não comprometidos", afirmou.
Outros deputados também criticaram a doação, mas a CCJ analisava apenas aspectos formais da matéria. Carlos Willian (PTC-MG), por exemplo, disse que “o Brasil não deveria tirar dinheiro do povo brasileiro para dar a outros países. Primeiro os de casa. Se nós cuidarmos daqueles que nos rodeiam e estão passando fome, já estaremos prestando um grande serviço para a humanidade".
É isso aí companheiro.



Sérgio Eduardo de Oliveira – 20/08/2009

terça-feira, 18 de agosto de 2009

O CANDIDATO DO PP



Em reunião que aconteceu ontem em Florianópolis, a direção do PP em Santa Catarina decidiu que o candidato ao governo do estado do partido será escolhido até o fim de setembro deste ano.
Caso Joares Ponticelli, presidente do PP de SC, não consiga fazer com que Hugo Biehl e Ângela Amin se entendam, ele determinará que haja uma votação, onde participarão os delegados de cada diretório, para ver quem será o nome em que o partido irá se apoiar para as eleições de 2010.
Biehl já adiantou que se não for o candidato ao governo do estado, não disputará nenhum outro em 2010. Ângela pode concorrer à reeleição a Câmara Federal, enquanto Esperidião Amin, que já anunciou a aposentadoria para cargos executivos, está quase certo para concorrer ao senado no ano que vem.
O PP quer o mais rápido possível colocar o bloco na rua, pois na visão do comando da sigla, tanto o PT quanto a tríplice aliança tem mais recursos e estrutura para fazer seus candidatos aparecerem para o eleitor.

PROJETO CONTRA A PIRATARIA

Na sessão ordinária de hoje a tarde da Câmara de Blumenau o vereador Napoleão Bernardes (PSDB) apresentará o projeto de lei que dispõe sobre a cassação do alvará de licença de funcionamento de estabelecimentos empresariais e da permissão de uso de ambulantes que comercializem produtos irregulares.
Segundo o vereador, estima-se que em 2008 a pirataria movimentou cerca de R$ 200 milhões em Santa Catarina. Esse valor, se declarado, representaria em impostos um repasse de R$ 34 milhões ao Governo. E, de acordo com pesquisas realizadas, calcula-se que, para cada emprego informal criado, seis formais sejam perdidos por ano por causa da pirataria.
Em virtude disso, na visão de Napoleão, torna-se necessária a criação de uma legislação que regulamente e procure inibir a prática da pirataria em Blumenau.
Esse é um assunto que tem que ser encarado de uma vez por todas. A população tem que entender que, se continuarem a comprar produtos piratas, o original vai continuar com o preço elevado e, o que é pior, o comprador vai levar para casa uma mercadoria sem nenhuma qualidade.
E os imbecis que comprar o piratão acham que estão levando vantagem.

SUPER LUCRO

A Associação Brasileira de Supermercados (Abras) anunciou no último dia 11 que disponibilizará em breve os preços do leite vendidos para os supermercados. Os supermercados são acusados de obterem alta margem de lucro com a venda do produto enquanto os produtores de leite estão recebem valor muito baixo.
Durante audiência na Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados, os parlamentares defenderam aumento do preço pago aos produtores que varia entre R$ 0,60 e R$ 0,80 por litro.
O deputado Valdir Colatto (PMDB) fez um apelo para que a atividade seja valorizada. “Durante os meses de frio que atinge a região Sul, estes trabalhadores acordam às 4 horas da madrugada para retirar o leite e recebem 50 centavos por litro de leite. Isto é uma vergonha”, desabafou.
Ele citou também que o mesmo problema é enfrentado pelos suinocultores. “Na suinocultura o preço pago é de R$ 1,60 o quilo, mas no supermercado não baixa menos que R$ 8.00 para o consumidor final”, frisou.
O presidente da Abras, Sussumu Honda, se defendeu alegando que a margem de lucro dos supermercados não passa dos 15%.

AÉCIO EM SC



O governador de Minas Gerais e pré-candidato do PSDB a presidência da república em 2010, Aécio Neves, vai estar em Santa Catarina para participar de um encontro do seu partido, que vai acontecer no dia 24 deste mês, às 17:00 horas, no Auditório do Empresarial Terrafirme, na cidade de São José.
Quem fará as honras para o governador mineiro será o vice-governador de SC, Leonel Pavan. O evento vai contar também com a participação dos Deputados Estaduais, Prefeitos e demais lideranças estaduais do PSDB catarinense.
Na pauta das conversas estão as eleições estaduais e a corrida eleitoral para a presidência da república.
Aécio já cogita desistir da candidatura em favor do governador José Serra.

NEPOTISMO NA PAUTA

A proposta do vereador Vanderlei de Oliveira (PT), de Blumenau, que propõe mudanças na caracterização de nepotismo no setor público está na pauta da reunião de amanhã da Câmara dos Vereadores. A matéria proíbe de manter sob a chefia, em cargo de provimento em comissão ou função de confiança, além do cônjuge, companheiro, parente por consanguinidade, adoção ou afinidade até o terceiro grau. Estas regras se aplicam ao prefeito, vice-prefeito e secretário municipal no âmbito da administração direta e indireta do município; vereador, membro ou não da Mesa Diretora, no âmbito do Legislativo; presidente, vice-presidente e diretor de autarquia, fundação, empresa pública ou sociedade de economia mista no município.
A matéria ainda caracteriza como nepotismo a nomeação de servidores, mesmo sem subordinação direta. Além disso, a prática é caracterizada por pessoas que tiverem grau de parentesco com ocupantes de cargos eletivos em municípios vizinhos, deputados estaduais e federais, senadores, governadores e vice-governadores, que tenham domicílio eleitoral em Blumenau.
Essa proposta deveria valer também para os governos federal e estadual.
Queria ver onde se arrumaria tanto emprego para colocar os apadrinhados que sairiam do pode público.

PV SEM RUMO



Depois do término do prazo que deu poderes para uma comissão provisória, presidida pelo advogado Gerson Basso, de comandar o PV de Santa Catarina, ninguém sabe realmente o que pode acontecer.
Um grupo comandado pelo advogado e suplente de deputado estadual Ivan Naatz e pelo empresário Cláudio Fischer contestam as ações de Basso frente ao partido e querem o comando da sigla.
O prazo expirou no último dia 30 de julho, quando a executiva nacional deveria ter dado uma solução para o caso. Como Basso tem muita influência na direção nacional, continua comandando o PV catarinense mesmo que informalmente.
Em virtude da contestação do advogado blumenauense e do empresário, Basso anda dizendo por aí que Naatz não passa de um oitavo suplente e que Cláudio Fischer é um empresário falido que teve que fugir do estado.
É, lutam pela preservação do verde, mas continuam semeando a discórdia interna.
Vejam aonde a Marina Silva vai se meter.
Mas por falar em Gerson Basso, o site do candidato do PT a prefeitura de Florianópolis, Nildomar Freire (Nildão), que tinha Gerson Basso de vice, ainda está no ar no endereço eletrônico abaixo. Isso não é ilegal?
http://www.augustobraun.com/conteudo.php?&sys=bd&id=2




Sérgio Eduardo de Oliveira – 18/08/2009

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

CAMINHOS DE LULA

A senadora Ideli Salvatti (PT) usará da mesma estratégia do presidente Lula para tentar vencer as eleições para o governo de Santa Catarina em 2010. Assim como o presidente, que buscou em Minas Gerais, quem tem um grande colégio eleitoral e é reduto tucano, um empresário, José Alencar, para ser seu vice. Ideli também tenta fazer com que seu vice seja Udo Dohler, empresário da cidade de Joinville, que é o reduto eleitoral do governador Luiz Henrique da Silveira e um dos maiores colégios eleitorais do estado.
Além de tudo isso, Dohler tem o apoio do empresariado catarinense e pode ser um bom captador de recursos para a campanha.
Inevitavelmente, hoje, a decisão das candidaturas terá que passar pela cidade de Joinville. Mas nesse caso, quem sairá na frente será aquele que conseguir o apoio de Luiz Henrique e do prefeito Carlito Merss.

TÉCNICOS AVALIAM PORTO DE ITAJAÍ

Técnicos do Instituto Militar de Engenharia estarão hoje no porto de Itajaí para verem de perto os prejuízos provocados pela enchente do ano passado. Essa avaliação será fundamental para o estudo que o Exército vai apresentar para a reconstrução dos dois berços porto. O estudo é esperado para terça ou quarta-feira. A Senadora Ideli Salvatti (PT) propôs que o Exército finalize as obras e lembrou que a escolha do Exército não dependerá de licitação, agilizando assim a reconstrução do porto de Itajaí, para que ele volte a operar com capacidade máxima.
As obras foram interrompidas porque o consórcio que executava os trabalhos solicitou um aditivo de 50% no contrato. O TCU analisa o pedido, mas ainda não se pronunciou. A Secretaria Especial de Portos também avalia a realização de uma nova licitação. Segundo a senadora, a economia da cidade depende em cerca de 70% do porto de Itajaí.
É uma falta de respeito e vergonha ba cara de um governador desleixado e de um presidente mal informado.
Agora é a cidade de Itajaí quem está pagando esse pato.

EM SANTA CATARINA



É bem provável que no mês de setembro a ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva (ainda no PT), venha para Santa Catarina fazer um reconhecimento do terreno com vistas para a eleição do ano que vem, onde ela pretende sair candidata a presidente pelo PV.
E neste caso quem deve representar o PV aqui no estado, já que o ex-presidente Gerson Basso fio afastado, e fazer as honras da casa para a pré-candidata é o suplente de deputado estadual Ivan Naatz, que vai se candidatar novamente a uma cadeira na Assembléia em 2010.
Aliás, não tem um movimento popular que Naatz não participe nesses últimos meses. Esteve em várias rádios falando sobre o processo de cassação do governador, da falta de segurança no Vale do Itajaí, da concessão do esgoto em Blumenau e já promete outras investidas daqui para frente.
De grão em grão a galinha enche o papo. Se vai ganhar ainda não sabemos, mas que tem usado bem essas situações para se aproximar do eleitor, isso ninguém duvida.

LICENÇA



Na tarde do último sábado, na reunião da executiva estadual, o deputado federal Fernando Coruja decidiu se licenciar da presidência do PPS Catarinense pelo período de noventa dias.
Em seu lugar, assume o cargo interinamente Claudir Maciel. Coruja informou que necessita desses três meses para tratar de assuntos particulares.
O PPS integra a base de apoio do governador Luiz Henrique aqui no estado, mas dependendo de como irão se configurar as candidaturas para 2010, pode ser oposição no ano que vem.

NÃO AO CASAL AMIN



Segundo o deputado federal Leodegar Tiscoski, o PP de Santa Catarina não quer mais o casal Esperidião e Ângela Amin como candidatos ao governo do estado em 2010. Segundo ele, Hugo Biehl será sim o representante do partido no ano que vem. Disse também que, se Ângela confirmar sua pré-candidatura ao governo de SC, terá que enfrentar uma disputa interna.
"As bases do partido querem renovação. Chega de Amin para governador. Poderemos ter Ângela ou Esperidião para disputa do Senado, mas não para o Governo", finalizou Tiscoski.

PINHO MOREIRA E O PT



O deputado federal Cláudio Vignatti (PT) está articulando dentro do seu partido para que, no próximo dia 24, aconteça a primeira reunião entre o presidente do PMDB, Eduardo Pinho Moreira, e a Senadora Ideli Salvatti em Brasília para a discussão de uma possível aliança para em 2010.
Vignatti disse que na sexta-feira passada aconteceu uma reunião entre ele, a senadora Ideli Salvatti e o prefeito de Joinville, Carlito Mers, para discutir possíveis alianças para as eleições do ano que vem.
Outro grande interessado nesse assunto é o presidente nacional do PMDB, Michel Temer, que deseja que essas alianças entre o PMDB e o PT ocorram no maior número de estados para que ele possa emplacar seu nome como o candidato a vice na chapa de Dilma Roussef (PT).

MST E O ESGOTO

Eu entendo e até apoio as manifestações contra a concessão do sistema de esgotamento sanitário para uma empresa privada, mas não consigo digerir o MST participando da passeata contra o Samae na última sexta-feira. O MST, que é um movimento que descumpre as leis e que invade terra produtiva, não deveria ter a permissão dos organizadores do movimento para participar de uma reivindicação onde se busca pelo menos um pouco mais de informação sobre como tudo está sendo feito pela prefeitura e Samae.
Com o MST a tira colo, todo essa discussão fica parecendo mais uma briga política do que uma briga social.
Na verdade, tudo isso não passa de mais um evento para que futuros candidatos apareçam, já visando às eleições de 2010, e de mais uma oportunidade para que os partidos de oposição ao governo municipal tentem ocupar mais espaço na mídia.
Mesmo essa reivindicação sendo justa e verdadeira, a população tem que tomar muito cuidado com os espertalhões de plantão.

GRIPE A NO LITORAL

Parece que pelas bandas de Balneário Camboriú a coisa ta realmente preocupante por causa da gripe A. O prefeito Edson Piriquito (PMDB) decretou estado de emergência na cidade e a Câmara de Vereadores e a Vara da Família estão fechadas temporariamente com medo da doença.
O secretário de saúde do município, José Roberto Spósito, já havia pedido para o prefeito para que todas as casas noturnas da cidade também fechassem as portas até que a coisa melhore, mas Piriquito preferiu ouvir os prefeitos das cidades vizinhas para tomar uma decisão.

DENÚNCIA



Segundo matéria do jornal Gazeta de Joinville deste fim de semana, a direção das escolas municipais, por ordem da secretaria de educação da cidade, teria enviado listas para os pais de alunos pedindo material de limpeza e mantimentos, que seria obrigação da administração municipal ceder aos estabelecimentos de ensino.
O secretário Marquinhos Fernandes nega a arrecadação dos produtos, mas um desses bilhetes foi mostrado na reportagem, onde a escola Paul Harris solicita desde água sanitária (2 litros) e lustra móveis (1 tubo) a esponja (pacote com 3) de louça e bombril (1 pacote).
Alguns alunos disseram que em troca, as escolas estariam oferecendo passeios ao zoológico e sessões de cinema com direito a pipoca.
O secretário reafirma que não são feitas gincanas e que os materiais de limpeza são fornecidos pela Secretaria de Educação.
Agora cabe ao ministério público investigar essas denúncias.




Sérgio Eduardo de Oliveira – 17/08/2009