quinta-feira, 13 de agosto de 2009

NO DC DE HOJE

Vai sair um caderno especial no Jornal Diário Catarinense de hoje mostrando que no governo de Santa Catarina também há atos secretos. Segundo a reportagem, alguns decretos assinados pelo governador são mantidos em absoluto sigilo pela administração estadual.

REUNIÃO DE CÚPULA



Nos próximos dias 25 e 26 deste mês o presidente do PMDB de Santa Catarina, Eduardo Pinho Moreira, tem reuniões marcadas em Brasília com dirigentes nacionais do partido para falar sobre a possível aliança com o PT.
Pinho Moreira vai se reunir com Michel Temer, presidente da Câmara, Henrique Alves, líder do PMDB na Câmara, e a bancada federal do PMDB.
Não é de hoje que Michel Temer articula dentro do partido para que ele seja o vice de Dilma Roussef (PT) em 2010. E como Eduardo quer ser candidato ao governo de SC pelo PMDB nas eleições do ano que vem, pode surgir aí um fato novo na tríplice aliança. O problema vai ser conseguir fazer com que Luiz Henrique aceite essa situação de dois palanques: um com o PMDB e o outro com a nova tríplice aliança.
Ontem Pinho Moreira viajou para a França e só voltará na próxima semana.

COMISSIONADOS

No dia 11 deste mês o jornalista Alexandre Gonçalves escreveu a seguinte nota no seu blog:

INOCENTE
Interessante é que os jornalistas que trabalharam no jornal (do PMDB blumenauense) são todos comissionados da SDR e do Seterb. Imagino que tenham feito no período de folga deles, sem comprometer as respectivas missões junto ao Poder Público.

Eu completo essa informação dizendo que recebi dois e-mails de um desses jornalistas, que divulgavam as ações de peemedebistas, no dia 4 de agosto.
E esse jornalista está lotado numa secretaria municipal.
O primeiro e-mail recebi às 13:40 e o segundo às 13:47 da tarde.
Se ele ainda estiver nomeado nessa secretaria, ele provavelmente enviou essas informações dentro do horário de trabalho.
Mas mesmo assim deixo o espaço aberto para uma explicação, até porque todo mundo tem o direito de defesa.

TARIFAS PODEM BAIXAR


A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados aprovou ontem o projeto de lei do deputado Dr. Rosinha (PT-PR) que obriga as empresas de transporte coletivo a contabilizar o dinheiro arrecadado com publicidade como receita operacional, de modo a reduzir o valor das tarifas. Agora a proposta será encaminhada ao Senado e, caso não haja recurso, poderá ser votada no plenário da Câmara.
O projeto se aplica a ônibus coletivos, vans, trens e metrôs e se refere a qualquer publicidade que veiculem, inclusive em guichês e terminais de passageiros.Conforme a proposta, as instruções relativas ao controle e à fiscalização dos procedimentos para o cálculo da tarifa, tendo em vista a redução com a publicidade, serão definidas em regulamento ainda a ser elaborado.Segundo o Dr. Rosinha, apesar de a maioria dos sistemas de transporte já serem utilizados para publicidade, não se vê benefícios para os usuários nas tarifas cobradas pelo seu uso.

TECNOLOGIA

A Caixa Econômica Federal já adquiriu mais de 500 bases cartográficas de cidades de todo o Brasil está elaborando editais para compra de mais 300.
O banco quer aprimorar o acompanhamento de obras que financia e está desenvolvendo o Caixa Simbrasil Geo, um sistema de geoprocessamento que disponibiliza informações territoriais por meio da utilização de imagens de satélite. Tudo para poder acompanhar as obras do Programa de Aceleração do Crescimento e do Programa Minha Casa, Minha Vida.
O sistema permite a localização geográfica de empreendimentos associadas às informações sobre o território. As imagens geradas também vão permitir o acompanhamento visual e a evolução dos trabalhos, bem como demonstrar o impacto das mudanças, as novas tendências de crescimento e as alterações ambientais na região.
O sistema disponibilizará também mais de 400 indicadores de municípios e estados, que permitirão o diagnóstico da realidade e do perfil de cada região.
Hoje esse monitoramento é feito por funcionários do banco que fazem a análise dos projetos e visitam as obras para verificar se as especificações estão sendo cumpridas. Com o monitoramento via imagens de satélite, esses técnicos ganharão ferramenta que confirma e complementa as informações obtidas durante as checagens.

SE A MODA PEGA



Os vereadores Joaquim Alves dos Santos (PSDB) e Juarez Nicasio Pereira (PPS), de Joinville, tiveram uma idéia criativa para ouvirem o que a população acha da saúde no município do norte catarinense. Todos os dias eles montam uma barraca na frente de um hospital, posto de saúde ou ambulatório para ver como está o atendimento e quais os principais problemas nesses postos.
Eles fazem parte da Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Joinville e, depois dessa averiguação em loco, apresentarão um relatório com os pontos mais críticos na saúde joinvillense.

TUDO FECHADO

Uma reunião, que vai acontecer hoje, entre os prefeitos das cidades de Balneário Camboriú, Edson Piriquito (PMDB), de Itajaí, Jandir Bellinni (PP), de Camboriú, Luzia Lourdes Coppi Mathias (PSDB) e demais representantes de cidades vizinhas, pode definir se as casas noturnas, bares e restaurantes das cidades fecharão ou não por causa da gripe A.
Essa é a intenção do secretário de saúde de Balneário Camboriú, José Roberto Spósito, que já havia feito esse pedido ao prefeito, que preferiu conversar com os demais prefeitos da região para ver há a necessidade desse tipo de medida.






Sérgio Eduardo de Oliveira – 13/08/2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário