terça-feira, 6 de outubro de 2009

PESQUISA PARA O SENADO

Ontem publiquei o resultado da pesquisa para o governo do estado de SC realizada pelo Grupo RBS. Hoje publico a pesquisa, também encomendada pela RBS ao Instituto Mapa, para o senado.
Veja abaixo os números.

Senado – Estimulada

1º voto
Luiz Henrique da Silveira (PMDB) – 33,1%
Esperidião Amin (PP) – 27,2%
Claudio Vignatti (PT) – 6,6%

2º voto
Esperidião Amin (PP) – 16,3%
Luiz Henrique da Silveira (PMDB) – 14,4
Claudio Vignatti (PT) – 6,2%


Senado – Espontânea

1º voto
Luiz Henrique da Silveira (PMDB) – 2,4%
Esperidião Amin (PP) – 1,4%
Raimundo Colombo (DEM) – 1,3
Leonel Pavan (PSDB) – 0,4%
Ideli Salvatti (PT) – 0,4%

2º voto
Luiz Henrique da Silveira (PMDB) – 0,8%
Esperidião Amin (PP) – 0,7%
Raimundo Colombo (DEM) – 0,3
Ângela Amin (PP) – 0,3%
Jorginho Melo (PSDB) – 0,3%

ANÁLISE 1

Claro que não podemos esquecer das eleições de 2002, justamente para Senado, onde Paulinho Bornhausen (DEM) e Cassildo Maldaner (PMDB), segundo as pesquisas, estavam praticamente eleitos. Naquela ocasião, elegeram-se Leonel Pavan (PSDB) e Ideli Salvatti (PT).
Mas agora parece que essa parada ficará mesmo entre Luiz Henrique e Amin, se eles realmente concorrerem ao cargo de senador. A diferença deles para os demais é grande e tanto Amin quanto Luiz Henrique tem muito mais chance de crescer do que os demais. São mais conhecidos e não tem a necessidade de um embate político entre o eles, permitindo que ambos possam fazer uma campanha sem qualquer ataque que venha prejudicar a imagem deles.

ANÁLISE 2

O único voto que os dois não devem receber é o do PT, que vai fechar com Vignatti ou com Ideli. Falando em Ideli, ela e o senador Raimundo Colombo são os únicos que podem atrapalhar a caminhada de LHS e Amin.
Se Colombo e Ideli forem à reeleição, a coisa pode ficar mais difícil para Amin, pois o governador já tem uma caminhada mais bem pavimentada, mas também corre risco.
Esse é um cenário ainda nebuloso, pois as candidaturas para o Senado dependem muito de quem for candidatar-se para o governo do estado. Os que sobrarem, devem pleitear a condição de companheiro de José Sarney.

PÕE NA TELA



O apresentador da Ric Record de Blumenau, Alexandre José, não resistiu à picada da mosca azul e acabou se filiando num partido político, alimentando a possibilidade de ser candidato a Deputado Estadual em 2010. O escolhido foi o PP, que venceu a briga entre diversas legendas para ter Alexandre José nas suas fileiras. Quem estava eufórico com essa conquista é o deputado federal João Pizzolatti, que sempre sonhou em fazer dobradinha com o apresentador nas eleições do ano que vem.
Além de arrumar um grande cabo eleitoral, pode minar a candidatura do seu companheiro de partido, o ex-vice-prefeito e atual secretário de articulação política de Blumenau, Edson Brunsfeld.
A disputa interna no PP da cidade já vem de muito tempo e ambos lutam pelo controle do partido.
O problema para Alexandre José, se conseguir se eleger como deputado estadual, é o bordão que usa no Jornal do Meio dia, na Ric Record: “Não ande na contra mão da lei, senão você pode aparecer na tela da Ric Record”.
Se falar isso na Assembléia, vai ter que arrumar uma TV bem grande.

OUTUBRO ROSA


foto: Jaime Batista da Silva

Desde as 18h30min da noite de ontem, a Ponte Adolfo Konder, que liga a Beira Rio ao bairro Ponta aguda, no Centro de Blumenau, vai ser iluminada de rosa por conta do evento internacional “Outubro Rosa – O Brasil na luta contra o câncer de mama”, que nasceu há 10 anos na Califórnia (EUA) com o objetivo de conscientizar as mulheres sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama.
Cidades como Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Curitiba, Florianópolis, Belo Horizonte, Brasília e Porto Alegre também participam do evento e também terão algum ponto turístico iluminado de rosa.
Durante todo o mês de outubro uma Van, denominada de Rosa Móvel, irá percorrer cidades de todo o Brasil para passar mais informações sobre o câncer de mama e engajar a população na luta pelos diagnósticos e tratamento corretos. Em Blumenau, a previsão é que o Rosa Móvel chegue no dia 18 de outubro.

Estatísticas da doença

1) Por ano, morrem da doença, no Brasil, 10 mil mulheres;
2) 134 novos casos são diagnosticados todos os dias, o que equivale a 5 novos casos por hora;
3) 31% das mulheres brasileiras nunca realizaram uma mamografia;
4) 14% das mulheres brasileiras não sabem como detectar o câncer.

DIPLOMA DE JORNALISTA 1

O deputado federal João Pizzolatti (PP) assinou a ficha de adesão da Frente Parlamentar em defesa da exigência do diploma em Comunicação Social/Jornalismo para o registro profissional de jornalista.
A frente foi instalada no último dia 23 de setembro, na Câmara dos Deputados, com a intenção de mobilizar os interessados em prol da exigência do diploma.
Essa frente é coordenada pela deputada pepista Rebecca Garcia (AM), quem vai debater com parlamentares e com a sociedade a questão do diploma, pra tentar resolver de vez essa situação da melhor maneira possível, tanto para os jornalistas formados, quanto para os "jornalistas de batente", que contribuem com o jornalismo brasileiro há anos sem diploma.
A Frente também vai aproveitar para debater lei da imprensa no Brasil e temas relacionados à profissão.

DIPLOMA DE JORNALISTA 2

Para Pizzolatti, a não exigência do diploma para o exercício da profissão de jornalista enfraquece uma sociedade que cada vez mais busca o aperfeiçoamento. “Jornalismo se faz com ética e responsabilidade. A graduação é a base disto e apresenta toda a fundamentação teórica ao profissional. A frente parlamentar é também uma oportunidade para que aqueles que ainda não passaram pelos bancos universitários, que encarem como um desafio, legitimando o processo e a importância do diploma”, afirmou o deputado federal.

CAMPANHA PARA O DIA DAS CRIANÇAS

Continua até a próxima sexta-feira a campanha de arrecadação de brinquedos para o Dia das Crianças, realizada pela Câmara de Vereadores Mirins de Blumenau. Além do Legislativo e das escolas em que cada parlamentar mirim estuda, o brinquedos podem ser doados em qualquer farmácia da rede Stylo Farma. Na sessão ordinária do dia 9, os vereadores mirins irão definir as instituições a serem beneficiadas. "É melhor doar os brinquedos que não são usados do que deixá-los guardado, pegando poeira", argumentou o presidente da Câmara Mirim, Christian Gomes de Abreu.
Veja abaixo os pontos onde podem ser doados os brinquedos em Blumenau.

Escola Adventista
Colégio Castelo
EBM Gustavo Richard
EBM Patrícia Pegorim
EBM Fernando Ostermann
EEF José Vieira Corte
EBM Friedrich Kemmelmeier
EBM Visconde de Taunay
EBM Profª Alice Thiele
Colégio Sagrada Família
Escola Barão do Rio Branco
EBM Francisco Lanser
Colégio Bom Jesus
EBM Alberto Stein
EBM Lúcio Esteves


DIREITO DE RESPOSTA

Ontem publiquei uma nota falando do Eliomar Russi estar junto com a turma de Renato Vianna na composição da chapa vitoriosa do PMDB depois que esse mesmo pessoal trocou seu tio, o ex-vereador Ivo Hadlich, pela suplente de vereadora Marlene Schlindwein no comando da Fundação Cultural de Blumenau.
Ele enviou e-mail para o Blog do NEURôNIO discordando da minha opinião e estão abro espaço para ele fazer sua defesa nesse caso. Segue abaixo o e-mail na íntegra.



Amigo Serginho,
Permita-lhe chamá-lo publicamente assim, da mesma forma carinhosa que o conheci quando ainda eras uns dos soldados do nosso partido. Mas, penso de que infelizmente você faltou com a verdade ao publicar a nota "Eleições no PMDB 2", pois, és testemunha, e diante disto, deverias relembrar aos teus inúmeros e bem informados leitores, de que em 2003, aos 23 anos de idade, eu fui um dos idealizadores da então chapa de oposição ao Diretório, ocasião na qual, inclusive, muitos dos que ontem estavam na liderança da Chapa 2, naquela época, estavam juntos com a atuação direção do Partido. Pois bem, na oportunidade, através do voto dos companheiros, alcançamos um percentual considerável de cadeiras no Diretório Municipal, atingindo os nossos objetivos. Inclusive, vale lembrar, de que eu era o Coordenador da Assessoria para Assuntos da Juventude, e mesmo assim, mantive nossa chapa na disputa, sem problema algum, inclusive pós-eleição, até porque, quem me conhece sabe do meu caráter e da minha dignidade. Na convenção de ontem, almejamos a unidade do partido, e ao lado, tanto de companheiros históricos como o ex-Presidente da Câmara Ivo Hadlich, como dos inúmeros filiados que vêem nos auxiliando na renovação do partido, buscamos nesta verdadeira festa da democracia, idealizar um PMDB para todos, e, desta feita, a própria composição do Diretório e conseqüentemente da nova Executiva já demonstram isto, onde honrosamente foi me atribuída à função mencionada pelo nobre amigo! Vale ressaltar de que continuarei sendo um admirador do belo trabalho que realizas, até porque sei respeitar as opiniões divergentes, mas, como premissa que tenho em minha vida, espero que a verdade sempre prevaleça!
Cordialmente,
Eliomar Russi (Mazinho)




Sérgio Eduardo de Oliveira – 06/10/2009

7 comentários:

  1. Esse Eliomar Russi, é bem a cara do PMDB, em 2003 era assessor de juventude no governo do PT, agora continua no governo do DEM, ou seja "hay Govierno estoy nele" mamando em uma tetinha!!!!!

    ResponderExcluir
  2. É lamentável de que este(a) cidadão(ã) não tenha a coragem de identificar-se. A covardia e a falta de escrúpulo são características pecuniares em sujeitos como este!

    ResponderExcluir
  3. não fique brabinho com a verdade ouvida!!!
    dói mas é verdade!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Os lutadores lutam pelo bem da comunidade, Parabéns Eliomar pelo curriculo explendido e invejado por muitos que só sabem criticar. Aplausos recebera nessa quinta na camara de vereadores, sonho de muito e conquista de poucos, pois são pouco Sr. Anônimo, que dão a cara para bater em prol de algo bom para a sociedade, então pesquise melhor os trabalhos sociais realizados pelo Sr Eliomar antes de fazer criticas e se fazer criticas que sejam elas construtivas, ou na proxima entre em contato com o mesmo e nos ajude a reconstruir algo como ja fizemos, digo um exemplo o muro do colegio Max tavares onde eu Leandro e junto aos amigos Eliomar e outros, ex alunos fizemos um reencontro para arrecadar dinheiro e ajudar-mos, ajude-nos também agora e erguer Blumenau e pesquisa antes de falar...
    Abraços Eliomar e Anônimo venha conosco para uma pleitada vitoriosa onde a comunidade é que ganha.

    Leandro

    ResponderExcluir
  5. Elismar Rossi (Mauzinho)15 de outubro de 2009 22:46

    Este Eliomar fugiu da escola ???

    Compila-se da nota e comentários acima:

    1. "Permita-lhe chamá-lo publicamente assim [...]"
    Quem está permitindo quem nesta frase?

    2. "A covardia e a falta de escrúpulo são características pecuniares em sujeitos como este!"
    Não entendi. Pecuniares? Pra quem não sabe (como ele) pecúnia tem origem do latim "pecus", que significa rebanho (gado) ou "peculium". Entre os romanos significava todas as coisas supérfluas, não necessárias à família e mais tarde passou a significar os produtos do cultivo das terras. Hoje utilizado tão somente com o significado dinheiro.
    Mal sentou na cadeira da Câmara e só fala em dinheiro agora?

    3. "Abraços Eliomar e Anônimo venha conosco para uma pleitada vitoriosa onde a comunidade é que ganha."

    Ou este segundo anônimo que postou tal comentário (um covarde e sem escrúpulos) segundo o sr. Eliomar, fugiu da escola ou estudou na mesma que a dele! Cuidado sr. Eliomar você tem como apoiador um covarde, sem escrúpulos e um completo ignorante da língua pátria. Isso se não for em verdade, V. Excelência se escondendo como um apoiador de si mesmo!
    O que vem a ser uma pleitada vitoriosa? Em que dicionário eu encontro tal palavra para poder enriquecer meu vocabulário? Eu conheço empreitada.

    4. "[...]onde a comunidade é que ganha." Não, não e não! Por favor, ao menos concordância na frase!

    QUEM ganha é a comunidade!

    Eliomar, troque sua cadeira na câmara por uma cadeira na escola. Como aluno, claro!

    ResponderExcluir
  6. Muito triste isto! Um politico honesto e que com certeza será um grande lider comunitário sendo ofendido por um cara que tem inveja e que não se identifica.

    Lamentavel!

    Luis Paulo

    ResponderExcluir
  7. IREI ENRIQUECER SEU DICIONARIO:

    PLEITADA = VERBO SOCIAL QUE SE USA EM Pleito eleitoral, eleições para funções públicas.

    EMPREITADA = Obra por conta de terceiro, mais parecido com uma funçao de pedreiro.

    espero ter ajudado ao critico ignorante acima.

    ResponderExcluir