quinta-feira, 1 de outubro de 2009

SOLIDARIEDADE

Leitores do Blog do NEURôNIO, o filho recém nascido do professor João Altair está necessitando de doação de sangue, principalmente o “O” positivo. Quem puder ajudar, basta ir até a UTI Neo-Natal do Hospital Santa Catarina e dar o nome do menino Julio Andrey como beneficiário.
Espero a solidariedade de todos.

FORAS DA LEI



As ciclovias pintadas pela Prefeitura nas calçadas de Blumenau estão irregulares, segundo a lei nº 5211, de 17 de maio de 1999. A polêmica surgiu ontem, no programa Repórter Verdade (Rádio Blumenau AM), do Armindo Vogue, quando um ouvinte comentou sobre a lei 4492, de 1995, promulgada pelo prefeito Renato Vianna.
Essa lei proibia dirigir bicicletas na contramão em ruas e avenidas de Blumenau, bem como sobre calçadas e passeios públicos do Município. Também não permitia andar de Skates e brinquedos similares nesses locais.
Ela foi revogada pela lei 5211/99, assinada pelo prefeito Décio Lima, que manteve esses parágrafos e especificam também os corredores de ônibus, o centro da cidade, no trecho que compreende a Alameda Duque de Caxias e a rua Amadeu da Luz e entre a Avenida Castelo Branco e rua 7 de setembro, como locais proibidos para o uso de skate.
O que mais espanta é porque nenhum vereador se ateve para isso, já que essas leis foram aprovadas por muitos que lá estão hoje.

JEFFERSON FOREST E O SANTA

Hoje quero comentar uma carta que recebi do Jefferson Forest, candidato a presidente do PT de Blumenau, que comenta a análise feita pelo jornalista Fabrício Cardoso, na sua coluna no Santa.
Segundo Jefferson, o PT não faliu moralmente, mas tiveram sim companheiros que cometeram equívocos. Para ele, “esses erros cometidos por alguns não podem comprometer a militância de muitos, que ainda acreditam que a sociedade pode mudar radicalmente”.
Ele também comenta na carta que “sobre a produtividade dos trabalhos da câmara serem comprometidos em virtude do rodízio de vereadores, isso não é verdade em hipótese alguma”, discordando da opinião do Fabrício Cardoso.

SOBRE OS SUPLENTES

Para o suplente de vereador do PT, muitos dos atuais titulares de mandato apresentaram menos projetos que os suplentes que assumiram por curto período de tempo. Ele diz que, se os projetos são arquivados na CCJ, isso é fruto de opiniões políticas. A maioria dos atuais vereadores, segundo Forest, não conhece nada da constituição e de controle de constitucionalidade, decidindo arquivar os projetos por opiniões políticas.
Jefferson Forest também diz que “em momento algum afirmou que o Marçal (vereador José João Marçal – PP) tem menos legitimidade que o Beltrame, (suplente de vereador João Beltrame – PSL)”. “Isso são palavras o colunista (Fabrício Cardoso) e de quem editou minha carta enviada ao Santa; apenas contra argumentei a matéria que insistia em afirmar que o rodízio não era a vontade do eleitor”.

MINHA OPINIÃO

Prometo publicar o que ambos escreveram na íntegra no próximo fim de semana. Voltando ao assunto, para mim ambos expressam o descontentamento com a classe política atual. Fabrício, assim como eu, entende que nessa legislatura está abrindo-se espaço para os suplentes, não para que eles ganhem experiência, mas sim visibilidade.
Os partidos descobriram uma nova forma de deixarem as suas lideranças mais expressivas, principalmente aquelas com algum poder de persuasão, sempre na mídia e a grande maioria usa desse artifício para pensarem em si, no partido e depois em quem deveriam pensar primeiro, a população.
Como disse num outro dia, procuram fazer média com aqueles que podem ajudá-los em 2012, fazendo leis e dando moções das mais descabidas possíveis e imagináveis.
Para mim, o Jefferson Forest é um político promissor e com futuro, e apesar de também ser suplente e de também ter assumido por 30 dias, foi um dos poucos que, mesmo parecendo um caminhão desgovernado, tentou acordar a sonolenta Câmara de Vereadores, que se acostumou a aprovar tudo que vem do executivo. E olha que isso acontece desde o século passado.
Não vou me estender porque senão meu texto viraria um livro, mas admiro ambos e espero que essa discussão chegue também na sociedade, que tá tão passiva quanto os vereadores.

XÔ CSS



Já está no ar o site http://www.xoimposto.com.br/ que está buscando adeptos para o abaixo assinado contra a nova CPMF, a CSS (Contribuição Social à Saúde).
Esse novo imposto, segundo o Governo Lula, será destinado para bancar a área de Saúde. O problema é que da outra vez também deram a mesma desculpa, e o dinheiro acabou sendo usado para custear a máquina do governo.
Eu vou assinar, até porque o governo há anos aumenta seus gastos com muita festa e farra política.
Só ainda não vi a assinatura do Deputado Paulinho Bornhausen (DEM), o homem de frente contra a CPMF e agora também contra a CSS.
Para quem quiser assinar, é só acessar o endereço eletrônico acima.

DOMÍNIOS

Falta mais de um ano para a eleição, os candidatos sequer foram escolhidos, mas o Ivan Castro, do site www.tvdaki.com.br, já registrou todos os domínios para oferecer para os postulantes em 2010.
Ele já tem, por exemplo, o www.voteno(nomedopartido).com.br, o www.parapresidente.com.br, o www.paragovernador.com.br e também o www.paradeputadoestadual.com.br.
Até o endereço www.paravereador.com.br ele já registrou. Então sugiro para os políticos que já sabem que vão concorrer no ano que vem, de se aligeirarem, pois esse tipo de coisa sai tão rápido quanto pão quente em padaria.
Para quem tiver interesse, pode mandar e-mail para ivancastro@tvdaki.net.
Parodiando o Rufinus Seibt, esse Ivan não é fraco.

AUXILIANDO

O escritório de Blumenau do deputado federal Décio Lima e deputada estadual Ana Paula Lima está auxiliando aquelas pessoas que precisam de ajuda para se inscreverem na modalidade de Empreendedor Individual.
O Empreendedor Individual é a pessoa que trabalha por conta própria e que quer formalizar sua atividade profissional. Essa figura jurídica entrou em vigor em 1º de julho, através da Lei Complementar 128/08, e permitirá aos trabalhadores informais terem direitos previdenciários como aposentadoria por idade, auxílio-doença e licença-maternidade. Com a formalização, também será facilitada a abertura de conta bancária e o acesso ao crédito.
Para os interessados, o telefone do escritório é (47) 3326-2782.




Sérgio Eduardo de Oliveira – 01/10/2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário