quinta-feira, 5 de novembro de 2009

FALECEU

O presidente estadual do PSDB de Santa Catarina, vice-governador Leonel Pavan, informou no fim da tarde de ontem que o presidente da JPSDB de Tubarão, André Vargas, de 24 anos, faleceu por volta das 18:00 horas de quarta-feira em acidente de carro, quando se dirigia para a casa da namorada, na cidade de São Ludgero. Ele perdeu o controle da direção e colidiu com um veiculo que vinha em direção contrária em uma ponte na localidade de Travessão.
André era o coordenador da JPSDB para o sul do estado e vinha sendo muito elogiado pelos caciques tucanos por conta do trabalho que fazia na JPSDB.
André era visto como uma futura liderança na região e já estava sendo preparado para as eleições de 2012.
O seu sepultamento será às 16:30 horas no Cemitério de São Martinho, em Tubarão, e contará com a presença de Leonel Pavan e outras autoridades tucanas.

BRIGA NO COMANDO 1

O fato de suposta tortura de presos no Presídio de São Pedro de Alcântara, em Florianópolis, em fevereiro de 2008, traz a tona uma briga pelo comando nas polícias em Santa Catarina e até dentro da própria Polícia Civil do estado.
Numa reunião que aconteceu na Assembléia, Hudson Queiroz, Diretor do Deap (Departamento de Administração Prisional), disse que queria proteção policial para sua vida porque estava sendo ameaçado pelo delegado Renato Hendges, da Deic.
O Delegado Geral da Secretaria de Segurança Pública de SC, Maurício Eskudlark, chegou a dizer que, se Hudson falasse naquela reunião, ele também falaria. Eskudlark disse também que Hudson não estava preparado e não tem competência para exercer o cargo no Deap.
O governador Luiz Henrique já afastou Hudson Queiroz das suas funções.
Depois disso, teve-se a certeza que há muita coisa ainda para ser dita sobre a secretaria comandada por Ronaldo Benedet (PMDB).

BRIGA NO COMANDO 2

As imagens mostradas na RBS TV foram fornecidas pela própria polícia civil e a partir daí, depois de ter visto o vídeo com mais atenção, o delegado Renato Hendges passou a afirmar que aquela agressão aos presos teve a participação, ou pelo menos o comando, do Senhor Hudson Queiroz.
Vê-se que, nesse primeiro momento, há uma grande falta de comando na polícia do estado. Que há também o uso da secretaria para fazer política com vistas às eleições de 2010. Vê-se também que as duas polícias, militar e civil, não trabalham juntas de jeito nenhum.
É o governo do estado alimentando um monstro que, daqui a pouco, vai se manifestar. O que eu gostaria de saber é porque esse assunto só veio à tona agora, depois de um ano e nove meses depois, e a Secretaria de Segurança Pública do Estado não tomou nenhuma providência, já que sabiam de tudo.
O problema é que a população é quem ta pagando o pato, literalmente.

DENÚNCIAS

Segundo entrevista de Hudson Queiroz, na tarde de ontem, ele afirma que “o Deap não tem dinheiro para comprar nem uma caixa de fósforos, quanto mais algemas e outros equipamentos para a segurança nas penitenciárias”.
Disse também que a Secretaria de Segurança Pública age contra os agentes prisionais e quem deve saber quem fez as gravações na operação no Presídio de São Pedro de Alcântara é o Delegado Renatão, referindo-se ao delegado Renato Hendges.
Disse que sente-se ameaçado pela polícia civil de SC. “Se um delegado quiser, ele fura meu carro com uma bala ou coloca maconha no carro do meu filho”, declarou Queiroz.

PONTICELLI ATIRA

Já o deputado estadual Joares Ponticelli (PP) aproveitou a presença da cúpula da segurança pública estadual para pedir a instalação da CPI da Segurança Pública na Assembléia e lembrou a promessa do governo de investigar o ex-consultor do governador Luiz Henrique, Aldo Hey Neto, que em 2006 foi preso com R$ 2 milhões em sua residência. Segundo Hey Neto, esse dinheiro era do conhecimento dos seus superiores diretos, no caso o Governador e o Secretário Ivo Carminatti.

MOBILIZAÇÃO

O governo do estado mobilizou vários funcionários da Secretaria de Segurança Pública para participarem da sessão ordinária da Assembléia Legislativa de SC na tarde de ontem. Estiveram por lá também o ex-Diretor do Deap, Hudson Queiroz, e os Secretários Justiniano Pedroso e Ronaldo Benedet.
A intenção do governador Luiz Henrique é não deixar que a oposição cole no atual governo estadual a figura de uma administração que compactua com a tortura e que não tem comando no que se refere Segurança Pública.

ESGOTO SANITÁRIO

O Samae de Blumenau já informou que vai divulgar a empresa vencedora da concessão do Esgoto Sanitário da cidade no dia 18 de dezembro deste ano. As empresas interessadas terão 45 dias para protocolarem sua participação junto a autarquia. Quando o primeiro edital foi lançado, cerca de dois meses arás, dizia-se que esse processo estava com as cartas marcadas e que já havia uma empresa que, supostamente, venceria a tal licitação. Alguns gritaram contra o processo e o TCE interviu.
Agora começa tudo novamente. O Samae vai lançar novo edital e vai haver muita discussão sobre o assunto. O ponto chave é o tempo da concessão, o valor que a empresa vencedora irá pagar ao município e o que ela leva para lucrar com o serviço.

PAI E FILHO

De certo mesmo é que no ano que vem Blumenau entrega mais um serviço público para a iniciativa privada. O mais perigoso é que a Área Azul, a Rodoviária e muitos outros serviços hoje administrados pelo poder público municipal poderão ter o mesmo destino.
Não podemos esquecer que em 1989 o então prefeito Vilson Kleinubing (PFL) inventou de privatizar a coleta de lixo de Blumenau. A coisa degringolou e estamos com essa espada sobre nossas cabeças até hoje.
Lembram do caso da empresa Cavo?
Pois é, daqui a alguns anos poderemos ter não só problemas com essas empresas, mas também alguns boletos bancários com valores acima do esperado.

CONSENSO

Na manhã de ontem o Procon de Blumenau e a OI Brasil Telecom, depois de uma reunião de mais de uma hora, chagaram a um consenso sobre os problemas causados para o consumidor e os dez postos de vendas da empresa foram reabertas na tarde desta quarta-feira.
Com isso, a empresa se comprometeu em resolver todas as queixas registradas no Procon, de melhorar os serviços na cidade de Blumenau e de pagar a multa de R$ 470 mil. Também vai colocar um agente da empresa de telefonia para receber todas as futuras reclamações contra a Oi Brasil Telecom.
Isso prova que quando há intervenção séria da administração pública contra empresas que não respeitam as leis, a coisa funciona.
Agora vamos esperar mais 30 dias para ver se a coisa começa a andar dentro dos trilhos.

PROCON

Por conta do fechamento dos postos de vendas da Oi Brasil Telecom, o nome do Procon de Blumenau ecoou por todo o Brasil. Segundo Erivaldo Caetano Junior, Diretor do PROCON de Blumenau, cerca de 500 reclamações por mês chega ao órgão contra a empresa. Pelo menos se vê que o diretor Erivaldo Caetano vem fazendo um trabalho além do esperado. Enquanto outras diretorias do Procon sempre procuraram sempre se beneficiar daqueles que buscavam ajuda, Erivaldo tratou se arregaçar as mangas e lutar contra as empresas que não respeitam seus clientes, como a Oi Brasil Telecom, a NET e muitas outras empresas que pensam que o consumidor é bobo e não tem quem os defenda.
Pelo menos em Blumenau, parece que isso é coisa do passado.

PAC SANEAMENTO

A senadora Ideli Salvatti (PT) anunciou, através da sua assessoria, que mais 10 cidades catarinenses estão na lista para receber recursos do chamado PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) da Funasa. As verbas são para a recuperação e expansão da rede de esgoto dos municípios, tratamento de água e construção de sistemas de abastecimento.
O PAC da Funasa atende municípios com menos de 50 mil habitantes. A distribuição dos recursos obedece ainda critérios como o atendimento a cidades com altos índices de mortalidade infantil, incidência de malária e doença de Chagas. Também tiveram prioridade as comunidades indígenas e quilombolas. Desde a criação do PAC Funasa, em 2007, 51 cidades de Santa Catarina já foram beneficiadas com investimentos em saneamento básico e receberam cerca de R$ 48 milhões.
Veja abaixo as cidades contempladas.

Abelardo Luz – R$ 2.562.000,00
Anchieta – R$ 1.900.000,00
Capão Alto – R$ 1.500.000,00
Dionísio Cerqueira – R$ 2.500.000,00
Itapiranga – R$ 2.500.000,00
Presidente Getúlio – R$ 3.050.000,00
Santa Helena – R$ 554.000,00
Sombrio – R$ 3.600.000,00
Urubici – R$ 2.200.000,00
Urupema – R$ 1.136.000,00

APOSENTADOS 1

“O governo Lula promove uma verdadeira enganação contra os aposentados brasileiros, lhes nega um aumento digno e, por outro lado, entope com dinheiro público os cofres de banqueiros e especuladores financeiros". Essas foram as palavras usadas pelo deputado federal Fernando Coruja (PPS) para mostrar a sua indignação por conta da não votação do projeto que equipara o aumento dos benefícios dos aposentados com o do salário mínimo.
Segundo o deputado “o Governo Lula mais uma vez deixou 17 milhões de aposentados brasileiros desolados, ao se negar a votar a proposta, dando uma demonstração da enganação que esse governo está fazendo com os aposentados brasileiros".

APOSENTADOS 2

Para impedir a votação, conforme informou Coruja, o governo Lula usou de um artifício regimental, deixou de votar uma medida provisória, e forçou a trancamento da pauta, o que impediu a análise do Projeto de Lei 1/07, que aumenta os benefícios dos aposentados.
Coruja também não poupou entidades sindicais que, segundo ele, se entregaram ao governo federal e deixaram os trabalhadores de lado. “É evidente que precisa de diálogo, mas esse diálogo não pode ser feito por algumas centrais sindicais brasileiras pelegas que estão entregando os aposentados”, acrescentou.





Sérgio Eduardo de Oliveira – 05/11/2009




2 comentários:

  1. Também quem deveria ser demitido da Secretaria de Segurança Pública do Estado, o secretário Ronaldo Benedet, porque ignora, sempre ignorou e vai continuar ignorando a cidade de Blumenau na questão segurança. Esse, sim, merece uma surra de vara-de-marmelo com urtiga, literalmente, para respeitar as reivindicações das autoridades locais, da população, dos comerciantes em relação à falta de efetivo policial para dar mais sustentação e segurança à cidade.

    ResponderExcluir
  2. Ja vai tarde este Benedet , que nem para Benedito serve.ta louco,.
    Ideli, aquela do curso no exterior com o assessor,ta bom

    ResponderExcluir