segunda-feira, 18 de julho de 2016

HEGEMONIA?


Desde a década de 60 até meados da década de 90 Blumenau era a dona do pedaço no esporte dito amador de Santa Catarina. Depois de 1996 Blumenau entrou numa queda vertiginosa nessa área, perdendo os Jogos Abertos para as concorrentes e, mesmo em campeonatos de menor expressão, a cidade não mais figurava como favorita ou campeã em diversas modalidades.
Por incrível que pareça, o principal problema, como sempre foi político. Muita gente que nunca trabalhou com esporte, ou que entendia alguma coisa sobre o assunto, foi colocada em cargos estratégicos.
Daí apareceu os resultados que todos, um dia, sabiam que iria acontecer. Blumenau perdeu espaço no cenário esportivo catarinense e hoje temos cidades como Timbó, Balneário Camboriú e Jaraguá do Sul conseguindo obter melhores resultados, principalmente em categorias de base, em diversas modalidades, o que nos coloca uma grande pulga atrás de nossas orelhas, pois o futuro pode ainda ser mais sombrio se a FMD e parceiros não se mexerem.

O esporte depende muito da Fundação Municipal de Desportos de Blumenau, mas Blumenau também depende desse esporte para não virar um reduto de jovens desocupados.