quinta-feira, 29 de setembro de 2016


O SUL É MEU PAÍS


Antes das eleições municipais, acontece a consulta para saber se o Sul deve se separar do restante do Brasil. Ninguém sabe ao certo se essa coisa é boa ou não, vão opinar sem saber os prós e contras disso. Mas já se sabe que nada vai acontecer, pois a Constituição proíbe qualquer tipo de desmembramento territorial e mesmo que a consulta tenha o resultado de separação, continuaremos os bons e velhos brasileiros de sempre.

DAY AFTER

Depois que a pesquisa encomendada pela Ric Record de Blumenau foi divulgada, que deu o candidato do PSD, Jean Kuhlmann, com pouco mais de 34%, e o atual prefeito e candidato do PSDB, Napoleão Bernardes, com 29,9% das intenções de votos do eleitorado blumenauense, a coisa que já estava fria ficou mais ainda.
Parece que o eleitor de Blumenau só estava esperando alguma luz para decidir e acabar com essa “chateação” toda.
Por aqui a Oktoberfest e o Natal parecem ser mais atrativos que o futuro da cidade.

FUTURO INCERTO

É fato que o PT, nessas eleições municipais, deve sofrer um revés político muito grande. Candidatos petistas em todo o Brasil perdem votos e já se cogita repensar a estratégia do partido para 2018.
Os candidatos que conseguirem se eleger, o farão por mérito próprio, pois parece que o eleitor vai mesmo dar o veredicto final sobre tudo que ocorreu em Brasília e vai deixar um recado claro que não aguenta mais ser roubado.
Será que essa indignação popular dura até o Carnaval?

EM FRONÓPIS

Na capital de SC parece que a candidata Ângela Amin (PP) novamente vai ser o cavalo paraguaio dessa eleição. Mais uma vez sai na frente, mas no meio do caminho tá cada vez mais para trás, se segurando para tentar, pelo menos, o segundo turno.
Florianópolis parece ter gostado do PMDB e Dário Berger, mesmo em stand by, fica cada vez mais forte para as eleições de 2018.
Só não se sabe ainda como ficará o prefeito Cesar Souza Jr., que preferiu não concorrer a reeleição e o Governador Raimundo Colombo pode perder um importante município na base de apoio até o fim de seu governo, pois o PMDB já anuncia aos quatro ventos que terá candidato ao governo em 2018.

TUBARÃO


Quem parece voltar com a força toda para o cenário político é o ex-deputado estadual Joarez Ponticelli (PP). Segundo pesquisas, ele deve se eleger prefeito de Tubarão e manter o seu curral eleitoral. Em 2014 Ponticelli foi o candidato a vice governador na chapa do peessedebista Paulo Bauer e não tiveram êxito. Agora ele deve voltar a trilhar o caminho político depois de passar dois anos sem mandato, só se dedicando as atividades particulares e as costuras políticas no sul do estado. 



2 comentários:

  1. Gostei da retomada do blog. Muito bom o conteúdo. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Gostei da retomada do blog. Muito bom o conteúdo. Parabéns!

    ResponderExcluir