segunda-feira, 24 de outubro de 2016



RENÚNCIA

O atual prefeito de Lages, Elizeu Matos (PMDB), está muito inclinado a renunciar o seu mandato, que termina em 31 de dezembro deste ano. O motivo é a necessidade da sua presença juntos aos filhos de 16 e 10 anos de idade, depois da morte da sua esposa, Cristiane Garcez, que lutava contra um câncer há dois anos. Matos está de licença até a próxima semana, mas acredita que o vice, Toni Duarte, está preparado para terminar o mandato como prefeito efetivado e comandar a transição com o prefeito eleito, Antônio Ceron (PSD).

ENTENDIDO 1

O ex-prefeito de Blumenau João Paulo Kleinubing (PSD) deve ter tido pesadelos no decorrer da semana passada. Ele se elegeu Deputado Federal em 2014, mas resolveu assumir a Secretaria de Saúde do Estado de SC, deixando o suplente, Edinho Bez (PMDB), ocupar o seu cargo na Câmara Federal, em Brasília.
Eis que o nobre peemedebista entra com um requerimento na Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados pedindo uma audiência pública com Tite, técnico da Seleção Brasileira de Futebol, para “trocar ideias, discutir e ouvir quais os critérios das convocações dos jogadores para formar a nossa seleção brasileira competitiva”.

ENTENDIDO 2

Edinho Bez justifica o pedido dizendo que “as constantes trocas de treinador e o excesso de jogadores convocados não garantem a formação de um time com espírito de equipe”.
E, dependendo de como for essa audiência proposta, Edinho afirma que pode até mudar a legislação para que o técnico da seleção seja obrigado a seguir algumas regras para a convocação de jogadores.
Convenhamos que o nobre Deputado catarinense deva ter tido uma amnésia repentina e ter perdido a total ciência da atualidade.
O fato é que Edinho Bez, mesmo já tendo cumprido 5 mandatos como Deputado Federal, em 2014 não foi aprovado nas urnas pelo eleitor de SC e acabou ficando de fora, voltando somente porque JPK abriu a vaga.
Isso vale para que os detentores do mandato pensem duas vezes antes de abrir a vaga para quem recebeu a reprovação do eleitorado do seu estado.

RAPIDINHA

Há algum tempo o apresentador e humorista Jô Soares vem dizendo no ar que não partiu dele o término do seu programa, o Programa do Jô, mas sim da própria Rede Globo, que deve colocar no lugar um novo programa apresentado por Pedro Bial.
Mas dentro do SBT já se comenta que Jô Soares deve voltar para a emissora de Silvio Santos em 2017, lugar onde esteve de 1988 a 1999 com o Programa Jô Soares Onze e Meia.
Vamos esperar.




Nenhum comentário:

Postar um comentário